Kátia Matos, Regina Rocha e Juliana Aguiar falam sobre paisagismo em Belo Horizonte

Autor: Anita Cid - Data: 30/09/2010

Equipe de Trópica Paisagismo

De uma parceria entre as paisagistas Kátia Matos, Regina Rocha e Juliana Aguiar para a elaboração do projeto "Jardim Arte e Natureza" na CasaCor MG 2008, surgiu a Trópica Paisagismo. A empresa atua na elaboração de projetos, execução e manutenção de jardins e vem se destacando na elaboração de jardins verticais em residências e espaços comerciais em Belo Horizonte e região. A participação na CasaCor MG 2009, com o projeto "Jardim do Café" em homenagem a Burle Marx,
mereceu destaque e prêmio pela participação no evento.

AuE Soluções: Como vocês realizam o processo de elaboração de um projeto paisagístico?

Trópica Paisagismo: Em primeiro lugar, precisamos conhecer o local onde o projeto será implantado. Nesta fase, fazemos o levantamento do local realizando medições, analisando áreas de sombra e sol, construções vizinhas, direção de ventos e todos os fatores que possam interferir no bom desenvolvimento da vegetação. Outra etapa importantíssima e que, na verdade, norteará todo o trabalho a ser realizado, é a entrevista com o cliente. Procuramos extrair o máximo de informações para elaborar um projeto que seja funcional, bonito, que "caiba no bolso" do cliente e que, por isso mesmo, atenda às suas expectativas. Na fase de criação, todas as informações sobre o local e o cliente vão pautar o nosso trabalho. Ao apresentarmos as nossas ideias para o cliente, sempre os deixamos a vontade para expor suas dúvidas e observações. O projeto só pode ser considerado pronto quando o cliente estiver satisfeito com as soluções apresentadas.

AuE Soluções: O que difere quando se realiza um projeto para diferentes áreas tais como espaços residenciais e comerciais, clubes, hotéis, sítios, condomínios e fazendas?

Trópica Paisagismo: Um jardim tem que servir ao público que vai utilizá-lo. Por isso, é fundamental captar o que os usuários estão buscando. Em espaços residenciais, muitas vezes o que se buscam são pequenos refúgios para a família e os amigos. É claro que para esse público, a importância da valorização do imóvel também é um fator importante. Em espaços comerciais, o aspecto funcional é bastante relevante e, por se tratar de, muitas vezes, grandes áreas, a escolha das espécies adquire um aspecto estratégico procurando aliar a beleza sem esquecer os custos com a manutenção. Assim, o que precisamos é compreender quais são os fatores importantes para o cliente e para o espaço a ser projetado.

AuE Soluções: Qual a importância de uma manutenção constante e correta em um jardim? Como vocês desenvolvem este trabalho?

Trópica Paisagismo: A manutenção, além de ser uma preservação do investimento feito no jardim, é o que garantirá o sucesso do projeto e uma verdadeira satisfação do cliente. É prazeroso perceber as modificações que ocorrem nos jardins decorrentes do ciclo de vida das plantas. Os usuários começam a se encantar com as flores que surgem, com mudanças nos tons da folhas, com o perfume exalado de algumas espécies. Isso sem contar com a fauna (borboletas, beija-flores, pássaros, joaninhas etc.) que surgem para usufruir do espaço que foi criado.

Para a manutenção, pode ser criado um cronograma básico anual de adubações, podas e combate às pragas que são mais ou menos previsíveis. Além disso, é fundamental visitar o jardim com o olhar atento, procurando sempre identificar pequenas mudanças nas plantas e procurando identificar as possíveis causas. A periodicidade da manutenção dependerá das dimensões das áreas de gramado e do tipo das plantas utilizadas (rústicas ou não).

AuE Soluções: Como é o trabalho de paisagismo vertical que vocês desenvolvem?

Trópica Paisagismo: Para um projeto de jardim vertical, é preciso analisar o local para saber a viabilidade do projeto. A escolha das plantas é um trabalho criterioso, mas que tem por premissa sempre respeitar as necessidades das plantas escolhidas. Assim, é preciso analisar a necessidade de água das espécies, de luz, tipo de substrato de plantio etc.

O jardim vertical tem sido uma opção interessante para tirar a aparente aridez de paredes. Além disso, valorizam o espaço e trazem uma sensação bastante agradável para espaços de convívio como salas, varandas, corredores etc.
Temos elaborado vários projetos para espaços comerciais e a aceitação dos que frequentam o espaço tem sido realmente empolgante. As pessoas se encantam com tanto verde e diversidade de espécies.

AuE Soluções: Como o paisagismo pode atuar como defensor ecológico, principalmente nos grandes centros?

Trópica Paisagismo: Com a transformação rápida que os centros urbanos têm proporcionado nas áreas com vegetação nativa, o paisagismo deve ter o compromisso de amenizar este impacto criando novas áreas verdes e, principalmente, incentivando o uso de espécies nativas. Em nossos projetos, procuramos inserir sempre certo número de espécies nativas e notamos que os clientes têm aceitado bem a idéia.

AuE Soluções: Como é o mercado de paisagismo em Belo Horizonte?

Trópica Paisagismo: O mercado de paisagismo em Belo Horizonte ainda é um mercado restrito e acreditamos que ainda precisaremos investir bastante no setor para mudar essa realidade. No entanto, temos notado uma mudança positiva nos últimos anos que, embalada pelo crescimento do setor imobiliário, pode transformar o nosso mercado em um mercado mais atrativo.

AuE Soluções: A cidade conta com parques e praças públicas e um bom índice de arborização urbana?

Trópica Paisagismo: Belo Horizonte é uma cidade bastante arborizada, mas nem sempre a escolha das espécies é adequada. Ainda vemos muitas árvores de grande porte sendo mutiladas para dar lugar à fiação da rede elétrica. Temos notado um esforço público para evitar erros que foram cometidos no passado e uma tentativa de criação de novos espaços.
Apesar de não se localizar em Belo Horizonte, o CACI (Centro de Arte Contemporânea de Inhotim) em Brumadinho, próximo de Belo Horizonte, tem provocado bastante encantamento dos visitantes por causa dos jardins.

AuE Soluções: Kátia, você realizou o curso presencial dos softwares AutoLANDSCAPE e PhotoLANDSCAPE. Como você avalia este curso?

Kátia: O curso foi bem conduzido pelo professor. Acredito que o curso atingiu o seu propósito que era o de apresentar os softwares e mostrar os recursos que eles possuem. É claro que o uso efetivo e funcional só pode ser atingido depois de utilizar o software com mais frequência.

AuE Soluções: Como o PhotoLANDSCAPE lhes ajuda em sua rotina profissional?

Trópica Paisagismo: O PhotoLANDSCAPE nos ajuda a suprir uma lacuna que é a dificuldade de visualização em planta baixa que muitas pessoas têm. Acreditamos que o cliente aprova um projeto com mais convicção, pois tem uma ideia mais precisa da proposta. Utilizamos o PhotoLANDSCAPE principalmente em áreas específicas do jardim que contém detalhes difíceis de serem visualizados em planta baixa: pergolados, jardins verticais, hortas ornamentais, fachadas da casa etc.

AuE Soluções: Dentre os projetos que vocês realizaram, qual deles destacaria?

Trópica Paisagismo: Há vários projetos que têm uma importância grande na nossa trajetória. Alguns deles, inclusive, estão em execução como o paisagismo do "Espaço Águas Claras", spa internacional que vai ser inaugurado em março de 2011 na região de Nova Lima. Recentemente, elaboramos o projeto e executamos um jardim vertical no "Albanos", choperia em Belo Horizonte. São 60m² de jardim vertical com uma grande diversidade de espécies entre elas samambaiais, calatéais, orquídeas, peperômias etc. Este projeto teve uma repercussão interessante e temos recebido bastantes e-mails de pessoas que foram ao local e foram surpreendidas pelo jardim.

Paisagismo vertical aplicado na parede



Outro projeto muito marcante foi o jardim do Supermercado Verdemar do Jardim Canadá. Conseguimos doação do Parque Estadual do Rola Moça e pudemos ter o privilégio de criar um projeto com espécies raríssimas e grande parte delas em extinção: velózias, epidendros, dickias, catléias, mimosas, sempre-vivas. Todas as plantas receberam placas identificando as espécies e textos educativos.

Plantas no jardim do projeto



Detalhe das flores no jardim criado



Veja um projeto em PhotoLANDSCAPE elaborado pelas paisagistas


Compartilhar:



Biblioteca gratuita sobre paisagismo.

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: heloisa - Data: 07/05/2013 16:08:44

gostaria do telefone de contato .



2 - Autor: Luis Blanco - Data: 17/11/2010 20:31:00

Uma entrevista muito interessante que aporta muitos dados úteis.




Conversar no Whatsapp

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*