Em tempos de crise em Portugal, saiba como o Arquiteto Paisagista Nuno Ramiro dribla os percalços

Autor: Camila Fonseca - Data: 04/01/2012

Nuno Ribeiro

uma alternativa para conseguir lidar com algumas limitações causadas pela crise econômica que acontece na Europa em seu trabalho é possuir diferencial. Com esta qualidade, o profissional atinge melhor suas perspectivas e se adapta a nova realidade que lhe é imposta. Esta foi a avaliação do Arquiteto Paisagista Nuno Ramiro, que trabalha no segmento desde 2008.


AuE Soluções: É de conhecimento geral a crise que afeta o país neste momento. Como faz para driblar esta fase em sua carreira?

Nuno Ramiro: Não tem sido fácil conseguir driblar esta crise, mas acredito que o facto de conseguir fazer uma antevisão ao nosso cliente de como irá ficar o seu jardim através dos projectos que realizamos com o PhotoLANDSCAPE nos tem feito ganhar algumas obras e, assim, conseguir sobreviver neste mercado com tanta concorrência desleal. Aqui em Portugal existe muito tarefeiro que se dedica à jardinagem (como biscate) sem pagar os devidos impostos.


AuE Soluções: Os conflitos econômicos têm afetado diretamente a arquitetura paisagista?

Nuno Ramiro: Sim, os conflitos economicos tem afetado na medida em que muita gente está sem recursos para fazer o seu jardim, ou até continuar com a sua manutenção. Penso que a economia afecta qualquer negócio.

Projeto desenvolvido no PhotoLANDSCAPE


Fotomontagem desenvolvida no PhotoLANDSCAPE

AuE Soluções: Como faz para aproveitar o máximo possível dos espaços em que trabalha?

Nuno Ramiro: Tento aproveitar ao maximo as obras que fazemos, tentando que o cliente não deixe nada por fazer, mesmo quando os recursos são baixos. Mas para que isso aconteça tenho que facilitar os pagamentos e fazer preços muitos competitivos.


AuE Soluções: O que considera mais importante no desenvolvimento de um projeto?

Nuno Ramiro: O mais importante num projecto aqui em Portugal, dado a mentalidade dos portugueses, sem dúvida é o impacto da beleza de um jardim e a variedade de plantas aplicadas, o que vai de encontro ao que já referi: quando apresento um projecto muito lindo e bem elaborado no PhotoLANDSCAPE, o cliente é dificil resistir mas tenho que ter um cuidado, que é fornecer as imagens para visualização apenas nos nossos escritorios e não ceder as imagens ao cliente, senão vai aparecer um biscateiro que vai fazer mais barato o mesmo jardim através do nosso projecto.

AuE Soluções: Acha que conseguiu, após adquirir o PhotoLANDSCAPE, aliar o seu trabalho à tecnologia? Isto o auxiliou?

Nuno Ramiro: Sem dúvida que quando adquiri o PhotoLANDSCAPE, fiquei aliado com a tecnologia e o impacto foi grande, pois o número de obras ganhas disparou. Isto, porque não existe muita gente por aqui ou até ninguem na altura com o mesmo software, ou seja, capaz de apresentar uma antevisão ao cliente de como vai ficar o seu jardim mesmo antes de ele ser feito e foi ai que me axiliou a ganhar obras.


E você, o que faria para adquirir diferencial em tempos de crise?


Compartilhar:


Anterior Próximo

Biblioteca gratuita sobre paisagismo.

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: Angela Jacob - Data: 29/01/2012 14:56:52

Consertar um trabalho mal feito pode ser pior do que fazer direito desde o início, por profissionais que entendam. E fica pior ainda se o resultado desse trabalho arrisca a vida das pessoas, como a provável causa do recente desabamento dos prédios no Rio.



2 - Autor: Norma Barreto - Data: 20/01/2012 13:26:39

Olá amigos, Adorei a matéria, principalmente o comentário do senhor Jorge Fonseca. Sou Engenheira Agrônoma e tenho me deparado com muitos absurdos realizados por pessoas que se dizem paisagistas. Independente da formação, acredito que o profissional paisagista deva estudar a respeito da espécie que se pretende utilizar. Enquanto isso, nós profissionais da área pagamos ao nosso conselho de classe para ver os `tarefeiros` atuarem livremente nas cidades de todo o Brasil.



3 - Autor: Jorge Fonseca - Data: 19/01/2012 19:28:13

Tal matéria veio de encontro as mesmas dificuldades que enfrentamos no Brasil. Falta fiscalização e proteção aos profissionais dessa natureza. Para ser paisagista, acima de tudo precisa ser responsável e agir corretamente dentro da profissão - os tarefeiros não tem conhecimentos de fisiologia, solo e morfologia, o que está preocupante, escolhem espécies inadequada, e plantam próximo a edificações.




Entrevista
Jasmim Manga: Conheça o trabalho apaixonado das ganhadoras do Concurso Nacional de Paisagismo Urbano
Jasmim Manga: Conheça o trabalho apaixonado das ganhadoras do Concurso Nacional de Paisagismo Urbano

Conheça o trabalho apaixonado das paisagistas Camila Sesma e Alice Rocha, da Jasmim Manga.

Em tempos de crise em Portugal, saiba como o Arquiteto Paisagista Nuno Ramiro dribla os percalços
Em tempos de crise em Portugal, saiba como o Arquiteto Paisagista Nuno Ramiro dribla os percalços

Arquiteto Paisagista Português conta com o PhotoLANDSCAPE como diferencial em período de crise no país.

Lançamentos
Confira as tendências em vasos para o setor de paisagismo
Confira as tendências em vasos para o setor de paisagismo

Saiba como a Vasart investe em tecnologia para desenvolver seus produtos.

Botânica
Jardim Quinta das Lágrimas - 7 Séculos de História
Jardim Quinta das Lágrimas - 7 Séculos de História

Conheça a história do Jardim que encanta um dos mais belos monumentos de Portugal.

Dicas Técnicas
HydroLANDSCAPE: Como trocar bocal de aspersores já desenhados
HydroLANDSCAPE: Como trocar bocal de aspersores já desenhados

Veja neste tutorial como trocar o bocal de um aspersor já desenhado no projeto.

AutoLANDSCAPE: Como trabalhar com o Paper Space
AutoLANDSCAPE: Como trabalhar com o Paper Space

Nesta materia vamos aprender como trabalhar com o Paper Space no AutoLANDSCAPE

PhotoLANDSCAPE: Fotomontagem passo-a-passo parte 1

Nesta materia você irá aprender a iniciar uma fotomontagem com o PhotoLANDSCAPE

Novidades
Primeira Floresta Vertical do mundo será em Milão
Primeira Floresta Vertical do mundo será em Milão

Além dos jardins, agora é a vez da Floresta Vertical ser exemplo de sustentabilidade no mundo. A primeira é de Milão.

Novas plantas disponíveis para serem baixadas no AuE Network

Nossa equipe preparou novas fotos de plantas para aumentar o banco de dados dos usuários

Notícias
7 livros sobre a natureza e o meio ambiente

Conheça os sete livros que falam sobre a vida no planeta, natureza e meio ambiente

Amazônia e Cataratas do Iguaçu concorrem às Sete Maravilhas do Mundo
Amazônia e Cataratas do Iguaçu concorrem às Sete Maravilhas do Mundo

Quer ver alguma das belas paisagens brasileiras ser eleita uma das Sete Maravilhas? Então vote.

Folha Artificial capaz de transformar luz solar em combustível
Folha Artificial capaz de transformar luz solar em combustível

Criação de cientistas americanos faz uma folha transformar luz solar em combustível

XVIII Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais em Santa Catarina

Veja como participar do Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais $ Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 8 No 89 / Outubro de 2011

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Projeto Firenze

Angela Cristina Herberts Haag

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*