Entrevista: Paisagista Juny Carvalho: O Norte de Minas Gerais e suas riquezas ambientais

Autor: Regina Motta - Data: 12/05/2015

Sou de Belo Horizonte, Minas Gerais. Há 4 anos moro em Januária, Norte de Minas Gerais, uma cidade pacata, acolhedora e com belezas naturais fantásticas em seu entorno, rodeada de grutas e cachoeiras encantadoras, como as Grutas do Peruaçu, do Jamelão, dentre outras.
Tenho um escritório aconchegante numa casa da década de 1920, que foi toda restaurada por mim , no centro da cidade, onde também moro.

Me formei em Paisagismo há 14 anos no INAP - Instituto de Arte e Projeto, em Belo Horizonte, uma escola comprometida em passar conhecimento de qualidade.
Faço também Decoração de interior e sou designer de peças exclusivas em ferro, cerâmica e madeira.
Minhas peças são projetadas por mim e sua confecção desenvolvida usando a mão de obra local, a prata da casa, que faço questão de valorizar.
Uma dessas "pratas da casa" é o ferreiroAdão Miranda, com quem trabalho desde que cheguei aqui, há 4 anos.
Conto também com o apoio e talento do artesão Ailton, da Casa do Artesão em Montes Claros, onde minhas peças de cerâmicas são confeccionadas.
Então, voltando a minha profissão, desde a minha formatura não parei mais de estudar e trabalhar nessa área.
O paisagismo é uma área ampla e rica, que nos possibilita aprender muito com o meio ambiente e, por causa disto, também fiz o Curso Superior em Gestão Ambiental, dado ao meu encantamento pela região onde moro e os inúmeros problemas que notamos em função da má gestão das águas e do solo, principalmente. Notei também a necessidade de aplicação de tais conhecimentos em meus projetos e, assim já faço.
Na verdade, sou uma apaixonada pelo paisagismo e pela arquitetura, é isso que me move.



Largo com palmeiras, visão noturna

Aue Paisagismo: Como foi a sua escolha desta profissão de paisagista? Quais as dificuldades que encontra e quais a maiores alegrias?

Juny Carvalho: Bem, despertei para a profissão sem mesmo me dar conta disso, quando criança, nas andanças com meu pai pelas matas e cachoeiras e já adolescente, quando trabalhava com ele.
Era deslumbrante ver a variedade de espécies vegetais e animais que encontrávamos e como eu me sentia bem em meio a isso tudo. Ficava, na verdade "cercando" as idas dele à trabalho pra poder me oferecer pra ir junto. E dava certo. Eu o ajudava e me divertia com o trabalho.

Depois de adulta, percebi que poderia transformar esse encantamento em uma profissão real. E assim nasci como paisagista. As disciplinas que eu estudei no INAP me deixaram ainda mais encantada com a profissão.
Sou uma apaixonada de verdade pelos meus professores, essa escola e minha profissão.



Projeto - Depois- visão diurna: Caminho sinuoso com jardins laterais, num caminho paralelo à varanda

Aue Paisagismo: Como fazer para integrar o gosto do cliente, com a obra arquitetônica e a seleção adequada de espécies botânicas em um projeto paisagístico?

Juny Carvalho: Bem, primeiro conhecimento técnico. Em seguida, sensibilidade.
O estilo arquitetônico determina todo o resto.
Claro que você tem que ter um conhecimento de áreas complementares que dialogam muito entre si. Estudar sempre é a chave.

Botânica, História da arte, a própria Arquitetura e Desenho, são áreas fundamentais pra quem está nesta profissão, além de se tentar desenvolver ao máximo a sua percepção do todo, deste espaço específico.
Sensibilidade e bom senso são necessários na hora de sugerir essa ou aquela espécie ao cliente. Uma análise bem feita do seu cliente, seus gostos e maneira de viver também são levados em conta.

Considerar também a região onde se mora é fator determinante para o sucesso deste projeto. Espécies adequadas ao clima, solo e nível de insolação têm que ser considerados.
O cliente, na verdade, quer que você pense e resolva as questões que ele não domina, por isso o contrata, ele só quer ser feliz num local que é a "cara do dono" e nós temos esse papel de traduzirmos o que o fará feliz e projetarmos esse local.

Uma boa análise do seu cliente e do local são portanto determinantes.



Projeto - Depois- visão noturna: Caminho sinuoso com jardins laterais, num caminho paralelo à varanda

Aue Paisagismo: Como você faz a seleção das espécies botânicas? Você leva em consideração a frequência de manutenção no processo de escolha?

Juny Carvalho: Sim, claro. Levo em conta muitos fatores incluindo o nível de manutenção desse jardim.

Há clientes que adoram mexer em seus jardins, cuidam de tudo, mas há aqueles também que preferem que ele seja mais "independente", que não exija regas muito freqüentes, que não precise de podas constantes.

Já empresas em locais públicos é fundamental que usemos espécies nativas e que esse jardim dê a menor manutenção possível.
Nas duas situações o fundamental é que seja criativo e sustentável.

Aue Paisagismo: Sua empresa está em Januária, Norte de Minas Gerais, uma região bastante seca, como resolve o problema de escassez de água?

Juny Carvalho: Ultimamente as chuvas têm-se escasseado muito por aqui, de fato, então já penso cada vez mais em espécies nativas e de fácil adaptação a essa realidade.
Tento também levar essa idéia de que as espécies nativas promovem além de beleza, a recuperação da fauna local, isso estimula o cliente a absorver a idéia e a participar cada vez mais da recuperação dessas espécies de fauna e até de flora, nos permitindo desenvolver um trabalho bem interessante.

Aue Paisagismo: Tem facilidade em conseguir as espécies desejadas para os projetos? Sabe que a Aue Soluções mantém um site o ppaisagismodigital que tem o objetivo de facilitar a vida do profissional e do cliente, disponibilizando fornecedores de produtos e serviços de paisagismo sem qualquer custo adicional para ambos, bastando um clique para encontrar o que precisa?

Juny Carvalho: Sim, se usamos espécies locais.
Esse banco de dados que vocês possuem, eu achei maravilhoso.
Aqui temos uma relativa dificuldade em se conseguir espécies mais sofisticadas para esse ou aquele projeto, por isso também o uso cada vez mais as nativas.

Aue Paisagismo: Você faz a implantação e manutenção de seus projetos? Existe alguma área em que tenha se especializado?

Juny Carvalho: A demanda da cidade é o que determina meu trabalho, então acabo atuando em várias áreas, como a dos projetos e o acompanhamento da implantação, até a entrega da obra pronta.
Para a implantação, costumo contratar equipes especializadas em jardinagem, como o Sérgio Pinheiro, que possui uma equipe sob sua direção e que entende muito dessa área; portanto, eu fico na supervisão dessa implantação.
Minha especialização foi em Gestão ambiental assim que vi a grande demanda da cidade. Desde então venho tentando aplicar esses conhecimentos ao meus projetos.

Aue Paisagismo: Como o paisagismo pode contribuir na qualidade de vida da população?

Juny Carvalho: Pode contribuir demais, humanizando a cidade no centro e nas periferias.
Além disso, em contraste com tanta beleza ao redor de Januária, na área urbana ainda faltam árvores adequadas e um planejamento mais "fino", sensível e adequado ao nível de insolação, que é altíssimo, com uma temperatura que frequentemente beira os 30 graus.
Há ainda poucas praças disponíveis e, com um índice tão elevado de temperatura e insolação, o paisagismo contribuiria demais, resgatando hábitos esquecidos, como sair a noite pra conversar com os amigos e familiares nas praças.
Quem não gosta de frequentar uma praça cheia de árvores, pássaros, flores e crianças brincando, espaços para ginástica disponíveis, bebedouros e pista para exercícios, ou mesmo para simplesmente conversar ou passear? Todos gostamos disso.
E, onde há uma população integrada com a natureza, há qualidade de vida.
Podemos resgatar isso com o paisagismo.

Aue Paisagismo: Qual o papel do paisagismo em um empreendimento imobiliário?

Juny Carvalho: O papel do paisagismo é fundamental.
Profissionais bem formados e comprometidos fazem qualquer empreendimento valer muito a pena.
Segundo inúmeras pesquisas já realizadas, o empreendimento imobiliário que possui um paisagismo bem elaborado e sustentável, consegue uma valorização do seu empreendimento de 10, 15 ou até 20% aproximadamente.
E seu investimento é baixíssimo, em torno dos 5% sobre o valor da obra, dependendo um pouco da região.
Então o custo-benefício é maravilhoso e, o efeito estético é fantástico, sem falar no fator de qualidade de vida, novamente, valorizado e estimulado pelo paisagismo, que atrai e aproxima pessoas. As empresas só têm a ganhar.

Aue Paisagismo: Como você utiliza o o PhotoLANDSCAPE.em seu dia-a-dia profissional? Quais as vantagens de usar os programas?

Juny Carvalho: O PhotoLANDSCAPE veio valorizar muito a apresentação dos meus trabalhos de paisagismo e decoração. Adoro o programa. Ele é super rápido e prático demais. E o software ainda me permite a ampliação do meu banco de dados, já que também mexo com decoração de ambientes externos e internos.
Com inúmeras ferramentas que o software possui posso fazer projetos mais baratos e muito mais bonitos, nos quais o cliente vê exatamente como ficará o seu projeto quando finalizado.

E, sempre descubro uma nova maneira de usá-lo e aproveitar seus recursos, em tudo que faço, profissionalmente.

A cada lançamento de um novo recurso, a empresa AuE desenvolve novas ferramentas de trabalho e isso me deixa muito feliz. Quanto mais eles desenvolvem o programa, mais eu obtenho vantagens na confecção dos meus projetos.


Aue Paisagismo: Dentre os projetos que você realizou, qual deles vocês destacaria? Conte-nos um pouco sobre este projeto.

Bem, com a aquisição do software PhotoLANDSCAPE da AuE Software, eu destacaria alguns projetos mais recentes a seguir.



Sala de Estar - antes



Home theater visão noturna


3º - Projeto: reforma de uma fachada - Antes



Reforma da fachada - Depois


3º - Depois - Visão diurna - Portões grandes de madeira marcam o estilo rústico sugerido pela paisagista com molduras em madeira um pouco mais clara para destacar e pintura em cinza azulado no muro. Jardim com Cyperus alternifolius dão o toque suave à essa fachada.



3º - Projeto - Depois - Visão Noturna - Luz embutida na parede com sensor de presença.

4º - Projeto: área de descanso com ofurô e jardim - Antes



4º - Projeto - Depois - visão diurna - Um toque oriental, leve e convidativo no jardim feito pra relaxar.



4º Projeto - Visão noturna - A iluminação indireta convida ao banho e a calma



Largo com palmeiras



O artesanato criativo de Juny Carvalho






Juny Carvalho
Paisagismo, Decoração e Arte
Gestora ambiental
(38) 9820 1014
junycarvalhopaisagista@gmail.com
Escritório:
Juny Carvalho Paisagismo
Rua Lindolfo Caetano, 141
Centro
CEP: 39 480 000
Januária - Minas Gerais - Brasil
Registro profissional nº 0463, Fl.nº 017, Livro nº 01
Título expedido nos termos da portaria SEE/SAE nº 639/95. Belo Horizonte
Minas Gerais - Brasil


Compartilhar:



Biblioteca gratuita sobre paisagismo.

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: Debora Moreira - Data: 01/01/2017 17:57:35

a transformação do antes e depois dos espaços são magníficos,parabéns vc nasceu pra ser paisagista.



2 - Autor: Debora Moreira - Data: 01/01/2017 17:51:57

a transformação do antes e depois dos espaços são magníficos,parabéns vc nasceu pra ser paisagista.




Lançamentos
LandMANAGER 2016: Criando uma lista de tarefas
LandMANAGER 2016: Criando uma lista de tarefas

Veja como criar e gerenciar uma lista de tarefas de modo simples e rápido com o LandManager 2016.

AuE Software 2016 - Melhores produtos, melhores formas de aquisição.
AuE Software 2016 - Melhores produtos, melhores formas de aquisição.

Conheça a nova AuE Software - Melhores produtos, melhores formas de aquisição. Novas possibilidades.

Entrevista
Entrevista: Paisagista Juny Carvalho: O Norte de Minas Gerais e suas riquezas ambientais
Entrevista: Paisagista Juny Carvalho: O Norte de Minas Gerais e suas riquezas ambientais

O paisagismo é uma área ampla e rica, que nos possibilita aprender muito com o meio ambiente

Frederico Maia Haun,  Rain Bird Brasil Ltda., Irrigação em Paisagismo
Frederico Maia Haun, Rain Bird Brasil Ltda., Irrigação em Paisagismo

Um projeto mal elaborado pode comprometer a instalação e a manutenção futura. Pode ainda levar a consumo exagerado de água e energia.

Leonardo Pace, gerente da Hunter Brasil fala sobre irrigação
Leonardo Pace, gerente da Hunter Brasil fala sobre irrigação

A irrigação foi, é e sempre será uma ferramenta fantástica para assegurar o aumento da produção com um produto final de melhor qualidade,

Dicas Técnicas
HydroLANDSCAPE 2016: Interpolação por curva de nível e visualização 3D do terreno
HydroLANDSCAPE 2016: Interpolação por curva de nível e visualização 3D do terreno

Veja como fazer a interpolação por curva de nível e as novas visualizações em 3D do terreno com o HydroLANDSCAPE, o seu programa de irrigação

PhotoLANDSCAPE 2016: Mais naturalidade nos objetos 3D
PhotoLANDSCAPE 2016: Mais naturalidade nos objetos 3D

Veja como dar maior naturalidade aos objetos 3D com texturas no PhotoLANDSCAPE 2016.

AutoLANDSCAPE: Coletânea de matérias da versão 2016
AutoLANDSCAPE: Coletânea de matérias da versão 2016

Fique por dentro do que foi mostrado até agora sobre a versão 2016 dos programas de paisagismo e irrigação.

Ecologia
A árvore suporte do mundo no espaço urbano
A árvore suporte do mundo no espaço urbano

Em Portugal existem ainda verdadeiras raridades como o complexo vegetal da Serra da Arrabida e a Laurisilva na Ilha da Madeira

Notícias
Telhados verdes são sustentáveis?
Telhados verdes são sustentáveis?

O telhado verde é, talvez apenas abaixo das placas fotovoltaicas, o detalhe construtivo mais comentado no mundo da sustentabilidade.

Telhados verdes em Recife serão obrigatórios nos novos edifícios
Telhados verdes em Recife serão obrigatórios nos novos edifícios

Conheça o Projeto de Lei do Executivo que obriga a instalação de telhados verdes nos novos edifícios

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 11 No 131 / Abril de 2015

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Agenda

Agenda de Eventos de Paisagismo

Conversar no Whatsapp

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*