Já ouviu falar em defaunação?

Autor: Regina Motta - Data: 14/11/2014

Estudo recém-publicado na revista Science alerta para o fato de o mundo estar passando por este processo, numa das maiores extinções de animais já ocorrida. E mais: mostra como a rápida diminuição das populações de vertebrados e invertebrados no planeta tem sérias consequências sobre a humanidade, que é justamente a responsável pela destruição.

Abelhas estão desaparecendo no mundo. Elas funcionam na natureza como polinizadoras: seu sumiço ameaça a produção de alimentos



"Por que precisamos salvar os animais? Porque eles fornecem serviços ambientais imprescindíveis à sobrevivência da nossa própria espécie, não apenas porque são "bonitinhos", avisa Mauro Galetti, professor do Instituto de Biociências da Unesp (Universidade Estadual Paulista), autor do trabalho, juntamente com cientistas dos Estados Unidos, do México e também do Reino Unido.

UM MUNDO SÓ DE RATOS

Segundo o estudo, no futuro apenas as espécies pequenas, como camundongos, gambás e ratos, sobreviverão. Do ponto de vista de abundância, nos últimos 40 anos muitas espécies reduziram suas populações em cerca de 30%. A redução de espécies de invertebrados tem sido mais severa ainda: 35% no mesmo período.
"Os animais beneficiam o bem-estar da humanidade não apenas provendo alimentos, mas polinizando e dispersando plantas, e controlando pragas e doenças. Um planeta sem fauna trará sérias consequências para nossa própria espécie", afirma Galetti. Nossa espécie, aliás, é a causa do declínio populacional das outras, com ações que envolvem desmatamento, crescimento urbano desordenado e caça.
Segundo ele, "não estamos vivendo apenas uma onda de extinção de animais, mas muitas espécies estão tendo um rápido declínio populacional". Ou seja, a extinção local é mais forte que a das espécies. "Essa extinção local de animais afeta o funcionamento dos ecossistemas naturais vitais ao homem", afirma.

Você sabia?
Abelhas estão desaparecendo em todo o planeta. Isso pode reduzir a produção de alimentos: insetos, como elas, polinizam 75% da produção agrícola do mundo.


fonte:WWF

O mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia)também é eficiente dispersor de sementes.
Elas produzem vegetação que, por sua vez, é filtro biológico que protege rios e córregos. E estes são fonte de água potável para o homem. Nas florestas do Estado do Rio, o mico foi quase extinto. Sai mais barato protegê-lo do que investir em sistemas complexos para despoluir água.


Fonte:calliandradocerrado

A onça (Panthera onca) é um predador que regula, entre outras, a população de capivaras que, por sua vez, carregam o carrapato-estrela, aracnídeo que causa a febre maculosa. Portanto, caçar e dizimar a onça num determinado bioma aumenta as chances de sermos contaminados por uma doença infecciosa e potencialmente fatal para o homem.

Fonte: O Dia


Compartilhar:


Anterior Próximo

AuE LandMANAGER

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: José Cariano - Data: 18/11/2014 19:21:00

Bem Hajam por focarem estes assuntos tão permentes nos dias de hoje. É verdade sim, que as árvores e em especial algumas espécies estão a desaparecer em todo o mundo. Estou em Portugal e a cada ano que passa vejo algumas espécies como o Carvalho, que de um dia para o outro secam e, como sou Geobiologo e, me prezo de ser um amante da natureza, fui investigar e descobri que as árvores secam por estam sobre vortices de energia destruidora vinda do interior da Terra. Cada árvore estava sobre um vortice desses, tive a preocupação de medir o campo nergético desses vortices e, a medição era de 0 (zero Angstroms) toda a árvore ou arbusto animal ou ser humano que esteja sobre estes vortices de energia em pouco tempo adoece e morre. Estou a fazer esta pesquisa há já três anos. Pessoas q


AuE Responde: Josè Cariano, se quiser escrever um artigo sobre sua pesquisa poderemos publicá-lo no próximo número da revista.
Faça contato por paisagismodigital@auesolucoes.com.br




Entrevista
Paisagista Adriano  Watanabe: entusiasta do mundo do paisagismo
Paisagista Adriano Watanabe: entusiasta do mundo do paisagismo

Haná Garden - Especialista em Jardins Verticais Artificiais e Plantas Preservadas

Dicas Técnicas
AutoLANDSCAPE 2016: Apresentação 3D diferenciada
AutoLANDSCAPE 2016: Apresentação 3D diferenciada

Conheça o novo recurso do AutoLANDSCAPE 2016 que permite criar apresentações em 3D utilizando blocos em 2D

HydroLANDSCAPE 2016: Interpolação por curva de nível
HydroLANDSCAPE 2016: Interpolação por curva de nível

Veja um novo recurso do HydroLANDSCAPE 2016 que permite interpolar as cotas a partir das curvas de nível.

LandMANAGER 2016: Software para execução e manutenção de projetos de paisagismo
LandMANAGER 2016: Software para execução e manutenção de projetos de paisagismo

AuE Software lança novo software para gerenciamento de projetos de paisagismo, o LandMANAGER.

PhotoLANDSCAPE 2016: Trabalhando com 3D com a facilidade do 2D
PhotoLANDSCAPE 2016: Trabalhando com 3D com a facilidade do 2D

A mais nova ferramenta para o auxilio do Paisagista,a inserção dos objetos em 3D através do PhotoLANDSCAPE, seu programa de fotomontagem de paisagismo

Novidades
Conheça o sistema AuE Paisagismo 2016. Mais qualidade e sofisticação
Conheça o sistema AuE Paisagismo 2016. Mais qualidade e sofisticação

Conheça a versão 2016 dos softwares da AuE e saiba o que você tem a ganhar com esta novidade

Notícias
Chave para Famílias de Angiospermas do Cerrado
Chave para Famílias de Angiospermas do Cerrado

Uma ferramenta interativa para identificação de famílias de plantas do Cerrado que produzem flores e frutos

Já ouviu falar em defaunação?
Já ouviu falar em defaunação?

A rápida diminuição das populações de vertebrados e invertebrados no planeta tem sérias consequências sobre a humanidade

Quer testar os novos softwares da AuE, versão 2016? Saiba como.

Esta é a sua oportunidade de testar a sua próxima ferramenta de trabalho antes dela ser lançada. Aproveite!

Ritsurin Koen, um belo jardim japonês
Ritsurin Koen, um belo jardim japonês

Conheça um jardim de estilo Shakkei, técnica de usar montanhas como cenário.

Fórum Internacional Parques do Brasil
Fórum Internacional Parques do Brasil

Parques do Brasil acontece nos dias 18 e 19 de novembro No Espaço Tom Jobim, Rio de Janeiro

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 11 No 125 / Outubro de 2014

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Parque Urbano Ibitinga SP

Ulisses Uliana Bething

Praça das Colunas Serra ES

Ulisses Uliana Bething

Parque Capivari

Ulisses Uliana Bething

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*