Recanto da Baronesa - Loteamento Agroecológico

Implantação Base de Paisagismo Baronesa Mário Sérgio Soléo Scalambrino
Publicado em 27/02/2020


Veja a entrevista com Implantação Base de Paisagismo Baronesa Mário Sérgio Soléo Scalambrino
A agilidade e qualidade que os softwares proporcionam para que possamos representar as soluções para os espaços e clientes é de muito valor!

Em relação ao PhotoLANDSCAPE, a fotomontagem permite que se visualize o resultado esperado (mesmo sabendo que na paisagem toda certeza é descartada, conforme diz o paisagista francês Gilles Clement), gerando uma tranquilidade e segurança para os próximos passos de orçamento e implantação.
Já os principais benefícios do AutoLANDSCAPE, na minha opinião, estão no fato de se poder filtrar espécies conforme as necessidades de cada local com muita facilidade, auxiliando em pesquisas para a escolha da vegetação, além de se obter tabelas e orçamentos com muita facilidade e rapidez!

Recanto da Baronesa - Loteamento Agroecológico
Recanto da Baronesa - Loteamento Agroecológico



Auepaisagismo: Onde foi? Em que cidade? Qual o tamanho do terreno?
São José dos Campos – São Paulo
66 mil metros quadrados de áreas verdes e de lazer

Auepaisagismo: Qual o maior desafio deste trabalho?
O maior desafio desse trabalho trata-se de se conseguir manter a comunicação constante sobre as tomadas de decisão e escolhas relacionadas ao projeto e implantação junto aos clientes, de forma a quebrar paradigmas em relação à estética e ao “padrão” de qualidade, de forma a demonstrar (na teoria e na prática) que os jardins ecológicos são a expressão do bom senso aplicado.

Ainda mais atualmente, com diversas cidades sofrendo com os extremos: enchentes / crise hídrica. A maneira como olhamos e tratamos as áreas verdes são determinantes para sermos parte dos problemas ou das soluções, e os incorporadores possuem um grande poder de mudança em suas mãos, cabe a nós conseguirmos equalizar as estratégias para que sejam sustentáveis (econômica, ambiental, social e culturalmente).

Auepaisagismo: Como foi a relação com o cliente?
Buscamos trabalhar sempre com transparência e em forma de parceria, confiança e aprendizado mútuo.

Unificamos o trabalho de projeto com uma consultoria em alfabetização ecológica para a equipe interna da incorporadora, para corretores de imóveis e para os proprietários e futuros proprietários dos lotes.
Por meio do desenvolvimento do projeto e da implantação, os dois lados têm aprendido em como trilhar o caminho do meio, entre o mundo ideal e o mundo real.

Auepaisagismo: Quais eram as exigências do cliente?
Substituir o projeto original do loteamento, que possuía um partido de fazenda, para um novo conceito de jardins, em especial relacionado à produção local de alimentos.

Envolver as pessoas com os jardins e fornecer cestas de alimentos semanais aos moradores.

Auepaisagismo: Quais foi a sua ideia principal ao criar o projeto?
Traçamos a estratégia de planejar do todo para o detalhe e, posteriormente, possuir condições de projetar in loco, observando, sentindo as nuances, vistas, topografia, energias, influências e peculiaridades no ato da implantação.

Para garantir a execução nos dedicamos a criar uma equipe sensibilizada e capacitada em permacultura para a condução das etapas de implantação, em especial no que diz respeito ao tratamento agroecológico do solo.

Auepaisagismo: Já foi executado?
Está em andamento.

Auepaisagismo: Quem executou?
Nhanderu Permacultura.

Auepaisagismo: Qual a maior dificuldade na execução?
Sensibilizar os incorporadores em relação à importância do tratamento do solo com mulch (cobertura com matéria orgânica) e adubação verde com o máximo de antecedência, para que já pudéssemos iniciar a melhoria da sua estrutura física, química e biológica, além de se obter matrizes de sementes de espécies como girassol, crotalária, feijão de porco, feijão guandu dentre outras...

Fisicamente, o desafio é justamente recriar um ou dois horizontes de solo perdidos dada a movimentação de terraplenagem realizada.

Quais espécies você acha que foram as mais importantes neste projeto?
Muitas frutíferas nativas da Mata Atlântica e Cerrado foram incluídas, tais como: pitangueira preta, cabeludinha, araçás, grumixama, mas considero que as bananeiras são as protagonistas.

Até o momento foram plantadas cerca de 300 mudas de bananeiras, de diferentes variedades.

Nossa intenção é chamar atenção ao fato de que a banana é fruta mais consumida pelos brasileiros, e por que estamos deixando de ter cultivá-las em nossos quintais? Será que é pelas influências estéticas atuais? Acredito que seja algo nesse sentido, um pouco de inconsciente coletivo que direciona tendências. E é sabido que houve um momento em que se ter uma horta era quase um sintoma de menor status social (o que vem se revertendo cada dia mais).

Gosto de frisar a beleza das bananeiras, não só sua pela sua volumetria, silhueta e textura (sem falar dos frutos). Mas ela é linda até em seu nome científico: Musa paradisíaca.

Na sua opinião como o jardim influenciou (ou vai influenciar) o lugar?
Sem dúvida o fato de estarmos plantando uma infinidade de espécies alimentícias nas áreas verdes influencia quem trabalha no local ou visita. Ao menos provoca.

Especialmente no jardim do plantão de vendas, alguns relatos nos enchem de motivação: um corretor que inicia sua jornada no mundo da jardinagem, se responsabilizando pela rega, observando de perto e respeitando espécies espontâneas que não são chamadas de praga, invasoras ou daninhas...
Outro colaborador passa a diminuir o consumo de açúcar refinado, a consumir mais chás...

Moradores do entorno levam mudas de hortelã e trazem outras em troca.
Visitantes levam mudas, abóboras e sementes para casa, após uma volta no pequeno jardim produtivo e diverso.

A intenção do tratamento dos 66 mil metros quadrados é ser o exemplo.
Cada morador ganhará um curso denominado Quintais Agroflorestais e Jardins Internos, que será ministrado em grupos no setor produtivo do loteamento, numa infraestrutura planejada para cursos, oficinas e bricolagem.
Pretendemos ganhar aderência do máximo de proprietários pra replicarem o tratamento em seus quintais, especialmente pelo fato dos lotes serem amplos, a partir de 750m².

Ficha técnica
Incorporadora: Penido Construtora e Pavimentadora Ltda
Projeto de Paisagismo e Consultoria: Casulo Lares Vivos e Saudáveis
Projeto de arquitetura: Barros Amaral Arquitetura
Projetos 3D: Vinícius Faustino
Execução jardins: Nhanderu Permacultura




Créditos:

Casulo Lares vivos e saudáveis
Implantação Base de Paisagismo Baronesa Mário Sérgio Soléo Scalambrino
mario@casulolaresvivos.com.br
www.casulolaresvivos.com.br



Lista de Projetos
Entrevista com Implantação Base de Paisagismo Baronesa Mário Sérgio Soléo Scalambrino
Revista Eletrônica
0 ms

Cursos online ao vivo da AuE Software!


Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:


Este projeto ainda não foi avaliado
---

Entrevista
O Paisagismo Vertical de Cláudia Cândido Moscardini
O Paisagismo Vertical de Cláudia Cândido Moscardini

A paisagista fala um pouco sobre sua trajetória e dá dicas de como elaborar um jardim vertical.

Lançamentos
Aberta a votação popular para o 3° Concurso do VisualPLAN
Aberta a votação popular para o 3° Concurso do VisualPLAN

Foi dado o início da primeira etapa de avaliação dos projetos participantes do 3° Concurso Internacional de Paisagismo em 3D e Planta Baixa Humanizada

Botânica
A causa da sua alergia pode estar no seu jardim
A causa da sua alergia pode estar no seu jardim

Detalhes na paisagem que podem iluminar seu jardim mas trazem reações alérgicas. Saiba mais e conheça algumas espécies que trazem o pólen alergisante.

AuE Network
Coleção postes para download
Coleção postes para download

Veja a primeira parte de itens da coleção de postes da marca Eterna Iluminação que estamos publicando para uso nos programas AuE LandOFFICE

Mapas - Árvores simétricas - 5
Mapas - Árvores simétricas - 5

Veja a coleção de mapas de árvores para melhorar a apresentação do PhotoLANDSCAPE e do VisualPLAN

Dicas Técnicas
AutoLANDSCAPE: Excluindo forrações corretamente
AutoLANDSCAPE: Excluindo forrações corretamente

Na dica técnica de AutoLANDSCAPE deste mês vamos mostrar como excluir corretamente as informações de forrações em seu projeto.

CalcLANDSCAPE: Alterando Unidade Monetária para realizar orçamentos
CalcLANDSCAPE: Alterando Unidade Monetária para realizar orçamentos

Na dica técnica deste mês vamos mostrar como alterar a unidade monetária para adequar a moeda em seu orçamento.

LandManager: Configurando cronograma de tarefas
LandManager: Configurando cronograma de tarefas

Na dica técnica de LandManager deste mês saiba como organizar seu cronograma de tarefas através de sumário e marco de conclusão.

PhotoLANDSCAPE: Inserindo água em piscinas e lagos
PhotoLANDSCAPE: Inserindo água em piscinas e lagos

Na dica técnica de PhotoLANDSCAPE deste mês saiba como inserir água em piscinas no projeto de paisagismo.

VisualPLAN: Objetos Flutuantes
VisualPLAN: Objetos Flutuantes

Na dica técnica de VisualPLAN deste mês saiba como modificar objetos que ficam flutuando em seu projeto.

Novidades
2° Congresso Internacional Vertigarden: Infraestrutura Verde Urbana
2° Congresso Internacional Vertigarden: Infraestrutura Verde Urbana

Em formato totalmente digital e gratuito o evento abordará temas relacionados a jardins verticais, urban farms, tratamento de água, entre outros.

Ebook Verde Urbano: Conhecendo a biodiversidade das cidades
Ebook Verde Urbano: Conhecendo a biodiversidade das cidades

O livro faz parte da série “Eu, o meio ambiente e você” e traz informações sobre questões ambientais para criar cidades mais verdes.

Garden Design: Visite a 3° Mostra de Paisagismo Indoor em São Paulo
Garden Design: Visite a 3° Mostra de Paisagismo Indoor em São Paulo

O D&D Shopping entra no circuito da "10° DW - Semana de Design de São Paulo" com espaços que mostram as principais tendências do paisagismo.

Notícias
Especial Inspirações Paisagísticas: Al Fay Park - A natureza em meio à megacidade de Abu Dhabi
Especial Inspirações Paisagísticas: Al Fay Park - A natureza em meio à megacidade de Abu Dhabi

Al Fay Park é um excelente exemplo de como maximizar a ação climática, aumentar a qualidade de vida e melhorar a biodiversidade de uma cidade inteira.

Paisagismo Indoor: 7 plantas para se cultivar em ambientes com pouco sol
Paisagismo Indoor: 7 plantas para se cultivar em ambientes com pouco sol

Aquele cantinho sem iluminação da sua casa também pode ser decorado com algumas plantas. Conheça as mais indicadas e os cuidados com cada uma delas.

Plantas Carnívoras: Como cultivar essas espécies exóticas em casa
Plantas Carnívoras: Como cultivar essas espécies exóticas em casa

Conheça um pouco sobre as características das plantas e como cuidar das espécies brasileiras mais conhecidas.

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 18 No 208 / Setembro de 2021

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Jardim de Angélica
Jardim de Angélica

Anegrid Lucila Gnich Dos Santos

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*