Entrevista com o Eng. Florestal Alexandre Drefahl

Autor: Anita Cid - Data: 31/05/2007

Alexandre Drefahl é formado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná em 2001. Começou a trabalhar com paisagismo em 1998, primeiramente apenas desenhando e posteriormente elaborando seus próprios projetos. Segundo ele, o interesse vem de família, pois seu pai trabalha no ramo desde 1977 e foi com ele que Alexandre aprendeu as primeiras técnicas.



AuE:Como que é o trabalho de um engenheiro florestal?
Alexandre:O trabalho de um engenheiro florestal é algo muito mais amplo do que a maioria das pessoas imagina. Trabalhamos desde o manejo de florestas naturais e plantadas até a indústria de papel e celulose e moveleira. Neste espaço estão muitas outras oportunidades como conservação da natureza, combate a incêndios, extensão rural, climatologia, além de outras tantas. Naturalmente o paisagismo também é uma delas.

AuE:O que você considera como seus melhores trabalhos?
Alexandre:Não sei se considero algum trabalho melhor do que outro, cada trabalho é único pois cada cliente é um indivíduo com expectativas diferentes. Cada jardim deve ser projetado de modo a atender plenamente os desejos do cliente.

AuE:Com o aquecimento global, a profissão de engenheiro florestal está mais valorizada?
Alexandre:Naturalmente ficam evidenciadas neste momento as profissões ligadas ao meio ambiente como a engenharia florestal, biologia, agronomia entre outras. Somos frequentemente questionados sobre nossas opiniões e conceitos a respeito deste tão comentado assunto. Temos que estar cientes da situação atual e exercer nossa profissão da melhor forma possível para que atinjamos nossos objetivos modificando o meio ambiente da forma mais harmônica possível.

AuE:Como você utiliza os programas da AuE Soluções no seu dia-a-dia?
Alexandre:Utilizo-os como uma importante ferramenta, (senão a mais importante) nos meus trabalhos. Com eles a conquista do cliente se torna algo mais fácil pois, é na visualização de um projeto bem elaborado que se baseia a venda de nossos serviços.
Porque conseguimos dar ao cliente uma idéia de como irá ficar sua residência ou ambiente de trabalho.

AuE:No que estes programas lhe auxiliam?
Alexandre:Utilizo basicamente o AutoLANDSCAPE e ele me auxilia de inúmeras formas. A primeira delas é na elaboração do projeto propriamente dito. A vasta biblioteca de plantas e símbolos também é uma facilidade enorme, principalmente na hora em que estamos procurando algo "diferente" para colocar naquele lugar especial dentro do projeto. Outra grande facilidade proporcionada pelo programa é a quantificação automática de materiais, não é preciso explicar o que isso representa para um projetista, não é? Não é coincidência nossa empresa ter começado a trabalhar com projetos no ano de 1998 (ano de lançamento do primeiro AutoLANDSCAPE) pois quando encontramos a ferramenta começamos a investir nesta área. Antes fazíamos jardins apenas dando uma idéia para o cliente em uma conversa informal, essa fase passou pois hoje não se consegue mais vender jardins sem um bom projeto.

Veja alguns projetos realizados pelo engenheiro Alexandre Drefahl


Compartilhar:



eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: priscilla - Data: 24/04/2017 10:37:57

BOM DIA ALEXANDREESTOU PEDINDO SOCORRO TENHO UMA CHÁCARA EM braMOGI DAS cruzes e e3m 2014 comprei 300 mudas de abacaxi imperial pelo embrapa. com humus para o plantio. NAO~SEI MAIS O QUE FAZER. O CLIMA EM mogi das CRUZES E´MUITO BOM.


AuE Responde: Olá Priscila, desculpe a demora na resposta. Nós temos um forum de perguntas no www.paisagismodigital.com onde você pode publicar sua pergunta. Basta um cadastro gratuito. com certeza teremos uma resposta satisfatória!



2 - Autor: priscilla - Data: 24/04/2017 10:32:50

BOM DIA ALEXANDREESTOU PEDINDO SOCORRO TENHO UMA CHÁCARA EM MOGI DAS cruzes e e3m 2014 comprei 300 mudas de abacaxi imperial pelo eerra com humus para o plantio. NAO~SEI MAIS O QUE FAZER. O CLIMA EM mogi das CRUZES E´MUITO BOM.



3 - Autor: lorena - Data: 12/02/2012 15:38:02

Muito interesante



4 - Autor: ricardo - Data: 16/04/2009

A atribuição de elaborar projeto paisagístico não seria exclusiva do arquiteto, segundo os creas?




Entrevista
Entrevista com a bióloga Marinês Eiterer
Entrevista com a bióloga Marinês Eiterer

A Bióloga Marinês Eiterer conta sobre a escolha da profissão e a colaboração com os conteúdos da AuE Software

Botânica
Dicas Técnicas
Notícias
Carta dos leitores
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 3 No 36 / Maio de 2007

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Parque Urbano Ibitinga SP

Ulisses Uliana Bething

Praça das Colunas Serra ES

Ulisses Uliana Bething

Parque Capivari

Ulisses Uliana Bething

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*