Conheça 8 parques lineares que transformaram cidades

Autor: Megan Barber - Data: 19/10/2017

Tradução: Maria Paula Cardenas

 O caminho alinhado por High Line Gardens em Nova York. Shutterstock


O caminho alinhado por High Line Gardens em Nova York. Shutterstock

Os Estados Unidos têm parques de tirar o fôlego, de grandes parques nacionais como o Grand Canyon para jardins botânicos cuidadosamente cultivados, como o Jardim japonês de Portland. Mas um dos espaços verdes mais exclusivos das cidades são os parques lineares.

Os parques mais largos e lineares levam as pessoas a uma viagem à cidade. Eles podem ser curtos com poucos blocos - mesmo a extensão de uma única ponte - ou de vários quilômetros; Parques lineares diferem dos espaços verdes tradicionais graças às suas proporções. Eles muitas vezes servem como um link nos planos de uma cidade para impulsionar seu transporte alternativo, uma rua que leva a pedestres, patinadores, ciclistas e muito mais.

Ao viajar de uma vizinhança para outra, as pessoas vêem a cidade através de uma lente diferente quando possuem um parque linear. Isto é especialmente verdadeiro porque muitos parques lineares reutilizam linhas ferroviárias históricas elevadas ou rodovias, transformando a infra-estrutura em um espaço para recreação.

Embora a diferença entre um parque linear e um caminho ou pista de bicicleta pode ser um pouco confusa, os parques lineares não são usados apenas para o transporte. Os parques tem vistas, playgrounds, instalações de arte e pontos de piquenique; Estes são espaços que incentivam o movimento e o relaxamento.

Porque é quase impossível ter mais Parques Centrais em cidades densas, os parques lineares são uma ótima maneira de adicionar espaço verde às áreas urbanas. Sua forma longa e sinuosa pode proporcionar maior acesso aos parques para mais residentes. Os parques de linha, como a High Line de Nova York e a trilha 606 de Chicago, impulsionaram o valor imobiliário e promoveram o desenvolvimento.

Concentramo-nos em parques lineares criados a partir de rodovias, antigas linhas ferroviárias, bulevares ou pontes. Aqui você encontrará oito impressionantes parques lineares nos Estados Unidos.

High Line em Nova York

O recurso de água na linha alta da cidade de Nova York. Shutterstock


O recurso de água na linha alta da cidade de Nova York. Shutterstock

Um dos parques lineares mais famosos dos Estados Unidos, a High Line é uma antiga linha de trem elevado de Nova York, transformada em um parque em 2009. Com algumas das melhores vistas da cidade, a High Line é inspirada pelo Promenade Plantée Paris e incorporar plantas perenes, ervas, arbustos e árvores em belos jardins que fazem fronteira com um caminho a pé. Outras características incluem instalações de arte, com vista, um terraço com água e uma área de gramado com assentos de teca para piqueniques.

A chegada da High Line impulsionou um boom imobiliário ao redor do parque, e os condomínios perto do agora popular destino turístico são mais de 100% mais caros que os imóveis a um quarteirão a leste. Este efeito de linha alta levou à criação da High Line Network, uma organização de 19 projetos de parques que visa compartilhar recursos e conhecimentos sobre como criar novos espaços verdes.

O 606 em Chicago

O 606 é uma linha de faixa abandonada que se tornou um parque público em Chicago. Colin Hinkle para The Trust for Public Land


O 606 é uma linha de faixa abandonada que se tornou um parque público em Chicago. Colin Hinkle para The Trust for Public Land

O Chicago Linear Park é uma trilha multifuncional de 2,7 milhas e um parque construído na longa linha ferroviária de Bloomingdale. O projeto de reabastecimento adaptável de US $ 100 milhões foi inaugurado em 2015 graças a suas trilhas, jardins e vistas do horizonte da cidade.

O 606 também possui instalações de arte temporárias e permanentes, bem como uma série de eventos - aulas de ioga ao ar livre e séries musicais. Desde a sua abertura, a trilha levou os preços das casas próximas em 48,2 por cento durante os três anos desde a construção. O aumento acentuado no setor imobiliário levou mesmo a uma proposta de lei que tornaria mais caro para os desenvolvedores derrubar casas existentes perto do parque. E enquanto os locais podem debater os efeitos da gentrificação no 606, o Linear Park continua a ser um dos espaços verdes mais populares de Chicago.

O Beltline em Atlanta

Bicicletas e pedestres desfrutam de Beltline


Bicicletas e pedestres desfrutam de Beltline

Como um dos maiores programas de redesenvolvimento urbano em curso nos Estados Unidos, o Beltline de Atlanta é tão grande que vai muito além da idéia de um único parque linear. São 22 milhas de pista urbana que é reconstruída como um circuito para pedestres e ciclo e é estimular a especulação imobiliária e o orgulho cívico no processo.
A seção Eastside de duas milhas da linha Beltline provou ser incrivelmente popular, e uma nova seção Westside de três milhas (para abrir este verão) irá adicionar mais 14 pontos de entrada ao parque.

A ponte de flores em Massachusetts

Uma ponte que foi transformada em uma garagem de Massachusetts. Shutterstock


Uma ponte que foi transformada em uma garagem de Massachusetts. Shutterstock

Embora muitos dos projetos listados aqui custem centenas de milhões de dólares, é importante perceber que nem todos os parques lineares são projetos de revitalização urbana dispendiosos. Pegue a Ponte das Flores, por exemplo, em Shelburne Falls, Massachusetts. Em 1929, quando a ponte do carrinho de mão da cidade foi descontinuada, o Shelburne Falls Womens Club decidiu criar um jardim na ponte e a Ponte das Flores nasceu.
Hoje, os visitantes se reúnem para o pequeno parque, atravessando o trecho da ponte para admirar as flores cuidadosamente cultivadas que são mantidas por uma voluntária Blossom Brigade. Mesmo em uma pequena cidade da Nova Inglaterra rural, os parques lineares são um sorteio.

Parque Olmested Linear em Atlanta

Foto tirada do INSTAGRAM de Pete Corson


Foto tirada do INSTAGRAM de Pete Corson

Projetado por Frederick Law Olmsted - um arquiteto paisagista americano que também projetou o Central Park em Nova York e o Capitólio da nação - o Olmsted Linear Park foi concluído em 1905 em Atlanta Druid Hills. Salvo da destruição por um potencial projeto rodoviário na década de 1980, o parque atravessa a Avenida Ponce de Leon e inclui 45 hectares de espaço verde.

Olmsted projetou o parque linear como um refúgio da azáfama da cidade. "Queremos um pedaço de terra onde as pessoas possam ir facilmente após o dia em que o trabalho está pronto", escreveu Olmsted. Os recentes esforços de reabilitação incluíram o enterro de linhas de serviços públicos e a instalação de 2.600 novas árvores e arbustos. No total, o parque contém cinco segmentos pastorais lineares e uma antiga floresta de 22 hectares e hoje é considerado um dos melhores parques de Atlanta.

O Rose Kennedy Greenway em Boston

Fim da rota para o norte do Parque Rose Kennedy Greenway em Boston. Shutterstock


Fim da rota para o norte do Parque Rose Kennedy Greenway em Boston. Shutterstock

Localizado no coração de Boston, o Rose Kennedy Greenway é um jardim no último piso acima de um túnel da rodovia. O parque surgiu do controverso Big Dig de Boston, um projeto de construção maciça que mudou uma rodovia elevada e construiu túneis subterrâneos em vez disso. A Greenway de 1,5 milhas abriu em 2008 e inclui árvores, plantas, gramados, fontes de água no verão e uma das maiores redes públicas Wi-Fi da cidade.
A Greenway tem um novo carrossel para crianças e novas pinotas, e possui uma variedade de eventos de música, comida e arte ao longo do ano. O parque tem sido um grande sucesso, vendo mais atendimento a cada ano e tornando-se um ponto de encontro - em parte devido a uma coleção de caminhões de alimentos - para a cidade de Boston.

Klyde Warren Park em Dallas

Uma vista aérea de Klyde Warren Park em Dallas, Texas. Imagem do James Burnetts Office cortesia do Klyde Warren Park


Uma vista aérea de Klyde Warren Park em Dallas, Texas. Imagem do James Burnetts Office cortesia do Klyde Warren Park.

Um espaço verde urbano de 5,2 hectares na rodovia Woodlands Rodgers, o Parque Klyde Warren de US $ 110 milhões tem 1.045 pés de comprimento e tem 322 árvores, 904 arbustos e mais de 3.000 plantas. Localizado no centro de Dallas, o parque não só oferece um espaço verde para relaxar e caminhar, mas também serve como um centro comunitário ativo para eventos como yoga, séries de conferências, shows ao ar livre e filmes.
Um parque infantil bem-amado - completo com fontes interativas - e um espaço amigável para cães significa que toda a família pode encontrar algo para fazer, e um jardim botânico perto da Rua St. Paul oferece um oásis de tranquilidade na cidade. O parque também está bem conectado pelos transportes públicos, para que você possa deixar seu carro em casa.

Eager Park em Baltimore

Uma vista aérea de Klyde Warren Park em Dallas, Texas


Uma vista aérea de Klyde Warren Park em Dallas, Texas.

O recém-inaugurado Eager Park em East Baltimore é uma adição de US $ 12,2 milhões criada para ser um lugar de encontro para residentes e trabalhadores para relaxar. Mahan Rykiel Associates e Gensler Architects projetaram um parque de 5,5 hectares de 3 blocos lineares para incluir um circuito de ginástica, um grande gramado, um anfiteatro e um pavilhão de performance, um parque infantil e um jardim comunitário.

O parque é apenas um elemento que revitalizou um bairro histórico localizado a norte do campus médico Johns Hopkins, onde mais de um bilhão de dólares foram investidos desde 2004. Mais de 600 casas e apartamentos foram construídos ao redor.

Fonte: Beyond the High Line: 8 linear parks that have transformed cities por Megan Barber

Veja também

  • 7 maneiras pelas quais os telhados urbanos estão sendo transformados
  • CityTree, uma instalação móvel que filtra poluição como 275 árvores
  • Árvores na paisagem urbana - Diretrizes para os tomadores de decisão
  • Um projeto 15 anos depois
  • Jardins com árvores frutíferas é a nova combinação do paisagismo


    Compartilhar:



    Anuncie gratuitamente no PaisagismoDigital !

    Comentar
    Nome:
    E-mail:
    Comentário:
    Avalie está matéria:



    1 - Autor: Mônica Teodoro Abreu - Data: 01/01/2018 20:00:19

    Muito boa a revista.


    AuE Responde: que bom que você gostou!!




  • Entrevista
    Dicas Técnicas
    Identifique melhor os aspersores e bocais personalizando as chaves no HydroLANDSCAPE

    Veja como personalizar as chaves de identificação dos aspersores no HydroLANDSCAPE

    Preparando a prancha para impressão no VisualPLAN, defindo tamanho do papel, escala etc.
    Preparando a prancha para impressão no VisualPLAN, defindo tamanho do papel, escala etc.

    Aprenda um pouco mais sobre a criação de Viewports para impressão de projeto de paisagismo no VisualPLAN

    Conheça as hachuras exclusivas do AutoLANDSCAPE e melhore a representação de seus projetos no CAD
    Conheça as hachuras exclusivas do AutoLANDSCAPE e melhore a representação de seus projetos no CAD

    Aprenda um pouco mais sobre a função de alterar hachuras no AutoLANDSCAPE,

    LandMANAGER: Veja como gerar o orçamento do dia, ou seja, o que devemos comprar a cada dia na obra
    LandMANAGER: Veja como gerar o orçamento do dia, ou seja, o que devemos comprar a cada dia na obra

    Veja como gerar orçamentos do dia ou de um período pré-definido no LandMANAGER, o programa de manutenção e gerenciamento de projetos

    Ecologia
    Conheça 8 parques lineares que transformaram cidades
    Conheça 8 parques lineares que transformaram cidades

    Quando o envelhecimento da infra-estrutura é modernizado em espaços verdes públicos

    Notícias
    Revisão e ampliação do Catálogo de Aspersores Hunter
    Revisão e ampliação do Catálogo de Aspersores Hunter

    Confira a revisão e ampliação do banco de dados de irrigação do HydroLANDSCAPE com o catálogo de aspersores Hunter

    Segunda coleção de Vasos Vogue disponível para download no AuE Network
    Segunda coleção de Vasos Vogue disponível para download no AuE Network

    A segunda coleção dos Vasos Vogue já estão disponíveis para Download na Aue Store

    Atlas da Irrigação teve seu lançamento no mês passado
    Atlas da Irrigação teve seu lançamento no mês passado

    O Atlas Irrigação é um documento produzido, pela primeira vez no Brasil, em meio à falta de dados consolidados sobre o assunto no País.

    AuE Software apoia o SEMEARQ - Semana de Arquitetura do Instituto Metodista Granbery
    AuE Software apoia o SEMEARQ - Semana de Arquitetura do Instituto Metodista Granbery

    O Instituto Metodista Granbery realizará a 1ª Semana de Engenharias e Arquitetura (SEMEARQ), entre os dias 24 e 27 de outubro.

    Arquitetos da Paisagem : Vamos juntos transformar as paisagens!
    Arquitetos da Paisagem : Vamos juntos transformar as paisagens!

    Arquitetos da Paisagem é um projeto que busca capacitar todos que amam a natureza e tem interesse em atuar no campo do paisagismo.

    Saiba quem recebeu o prêmio da Aue Software no 5º Concurso ANP
    Saiba quem recebeu o prêmio da Aue Software no 5º Concurso ANP

    A AuE Software entregou o prêmio aos vencedores do 5º Concurso Nacional de Paisagismo.

    Arquivo
    Edição Anterior

    Revista AuE Paisagismo Ano 14 No 160 / Setembro de 2017

    Conteúdo completo

    Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

    Top 10

    Matérias mais comentadas da revista

    Projetos
    Jardim de Pedra

    Paisagista Osmar da Silva e Paulo Henrique Góes

    Lista de Projetos

    Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

    Top 10 de Projetos

    Lista com 10 projetos mais comentados

    Agenda
    Agenda

    Agenda de Eventos de Paisagismo

    Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279

    X

    Revista gratuita AuE Paisagismo


    Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




    Revista no seu E-mail

    *
    *
    *