Conheça o trabalho da paisagista Mirian Lopes Nakagawa

Autor: Regina Motta - Data: 11/03/2011

A Paisagista Mirian Lopes Nakagawa é também decoradora, cenógrafa e trabalha com design floral. Foi a profissional revelação nos Livros Profissionais do Ano em 2004 e Estilo 2006 pela Escritora e Jornalista Elisiê Peixoto (Editora Mondo), Anuário Brasileiro de Artistas Florais 2011 (Editora Casa Dois - SP).
É membro da ABAF (Academia Brasileira de Artistas Florais), EIAF España (Escuela Ibero-Americana de Arte Floral) e FBP (Florista Brasileiro Profissional), com vários artigos publicados para editoriais como Jornal de Londrina, Folha de Londrina e Revistas.

AuE Soluções: Fale um pouco sobre você e seu trabalho. O que a levou a escolher esta bela profissão?

Mirian: Atuo há mais de 8 anos na área de design floral e 23 anos com paisagismo através da Imperial Garden em Londrina - PR.
Com vários projetos e implantação de inúmeros trabalhos na área, como profissional, possuo um lema: Quando você se propõe a prestar um serviço e cobrar por aquilo que faz, tem que ser com empenho, estudar sempre, pesquisar novos materiais, descobrir novas metodologias, inovar-se, mantendo a fidelidade aos princípios de rigor no padrão de qualidade e disciplina no trabalho, participar de Feiras e Congressos para oferecer o que há de melhor ao seu cliente.
Trabalhar com paisagismo e arte floral é mais divino do que se possa imaginar! Plantas são seres vivos que sentem e passam energia. Você tem que associar conhecimento das espécies, técnica, emoção, sensibilidade, inspiração e originalidade.
Minha paixão pelas flores sempre foi explícita, até mesmo uma garrafinha servia como vaso para colocar um galho de flor. Totalmente apaixonada por plantas desde quando criança, colhia mudas de várias espécies pela vizinhança e sempre dava um jeitinho de conseguir ainda mais espécies novas em viagens, plantava no quintal de casa e ficava encantada ao vê-las passar pelo processo de crescer, florir e frutificar, ver suas cores se intensificarem pela água da chuva, a quantidade de borboletas, pássaros e beija-flores que se aproximavam, era algo deslumbrante. Por destino, aos 17 anos me casei com um Engenheiro Agrônomo, Nérico Nakagawa, com especialidade em Paisagismo, sendo meu maior incentivador e mestre, por sua vez, herdou seu amor às plantas dos seus pais. Ele é de origem japonesa e sua mãe alemã, também eram envolvidos com produção de plantas ornamentais na cidade de Corupá - SC, berço da produção de plantas ornamentais no Brasil.

AuE Soluções: O que você julga essencial na elaboração de um projeto?

Mirian: Primeiramente, conhecer um pouco sobre o cliente, sua necessidade e personalidade. Acho essencial quando o cliente participa da escolha da vegetação que lhe agrada, além de harmonizar com a arquitetura e com o espaço a ser trabalhado, afinal, quem vai usufruir do espaço é ele. Levamos em consideração vários fatores, se é um jardim comercial, público, faixa etária e a finalidade que esse terá, se é contemplativo ou interativo. Devemos ter cuidados com espécies tóxicas, plantas com espinhos, também levar em consideração um jardim com muitas flores, para não sobrecarregar na informação visual, tem que haver harmonia de cores, movimentos, texturas. Após implantação, se a manutenção terá um acompanhamento profissional, fico livre para trabalhar com várias espécies, quando a manutenção fica a cargo somente de jardineiro, procuro espécies que não necessitam de podas específicas, para não ocorrerem mutilações e ter que erradicar a planta com o tempo. A escolha de uma vegetação correta dá ao cliente tranquilidade e segurança por muitos anos, tendo somente o cuidado com adubação e irrigação. Devemos ressaltar que um dos fatores mais importantes é o conhecimento do desenvolvimento da planta, isso quer dizer, saber como é o porte final da planta para que não haja interferências futuras na estrutura da edificação.

AuE Soluções: Quais ferramentas você utiliza para ajudá-la na elaboração de um projeto?

Mirian: Sem dúvida nenhuma, depois dos softwares da AuE Soluções nosso trabalho foi muito facilitado, ganho de tempo na elaboração do projeto. Antes, levava horas, até mesmo dias, para elaborar um projeto bem realista. Cheguei usar um software americano, mas não passava uma realidade da nossa vegetação, devido à espécies, somente algumas texturas com cores e alguns itens decorativos. Hoje, o cliente tem uma visão real da obra final, já que eles tinham certa dificuldade em imaginar o jardim visualizando o desenho e a planta baixa. Quando veem a fotomontagem, variedades, alturas das espécies, a chance de fechar o contrato no momento da apresentação é de 99%. Ficam encantados! O custo, que muitas vezes era a primeira preocupação, passa ser o segundo ponto, pois o impacto do projeto é algo muito realista.

"Trabalhe com aquilo que gosta e não terá que trabalhar um dia sequer na vida"


AuE Soluções: Você acredita que o paisagismo tem a possibilidade de melhorar a vida das pessoas?

Mirian:Totalmente! "Acredito que uma pessoa que não se sensibilize com a beleza de um jardim, de uma flor, com o sorriso de uma criança e o carinho de um animal, podemos esquecê-la como ser humano!".
Paisagismo é uma arte viva em movimentos, ameniza a poluição sonora, visual, traz a sensação de bem estar pelo frescor, o vento no rosto, o cheiro da grama cortada, o perfume de um jasmim, nada como pisar descalço em um gramado macio ou ler um livro à sombra a uma árvore. Oferecer um almoço para família e amigos, uma festa ao ar livre realmente muda o comportamento das pessoas, as deixa mais sensíveis e bem humoradas. Entrar em harmonia com a natureza, observar que dividimos o mesmo espaço com vários seres vivos e respeitar o limite de cada ser. Entender que, para apreciar a beleza de uma borboleta, temos que suportar a feiura de uma lagarta.
Planta é um ser vivo que precisa de cuidados e respeito, seja ela qual for, que seja da família das ornamentais, medicinais etc... Ela nos dá um retorno agradável em forma de sensação térmica, alimentos, chás, sucos, flores e beleza. Mesmo aquelas que não consideramos úteis, em termos de beleza, protegem o solo e margens de rios da erosão, todas têm sua importância na natureza. É algo tão grandioso que o Grande Arquiteto do Universo nos oferece que só temos a agradecer e respeitar.

AuE Soluções: Como você conheceu a AuE Soluções?

Mirian: O primeiro contato foi na Fiaflora em São Paulo, mas o adquiri no Enflor em Holambra, Quando conheci, não tive duvidas, foi o melhor investimento, em questão de minutos o projeto fica pronto.

AuE Soluções: Qual a sua opinião a respeito do Paisagismo Digital? Em que ele pode ajudar no trabalho do paisagista?

Mirian: É ótimo ter parceiros confiáveis, material de pesquisa e entrevistas com diversos profissionais do segmento, boas matérias sobre meio ambiente e curiosidades.

AuE Soluções: Fale-nos sobre um projeto que você tenha curtido fazer!

Mirian: O primeiro projeto divino em que tive oportunidade de trabalhar foi com meu falecido sogro. Recebemos um convite para ministrar Aula de Jardinagem e Produção Ornamental para um grupo de deficientes visuais em uma instituição agrícola que forma profissionais para pequenas propriedades rurais. Algo que jamais vou esquecer, a superação e dedicação deles me deixa comovida até hoje!
Outro projeto bárbaro veio a convite da então primeira dama Ivone Pereti Bigati, da cidade em que nasci, Ibiporã-PR. Capacitar e profissionalizar crianças carentes em risco: o CEMIC (Centro de Estudos do Menor Integrado à Comunidade) era onde eles tinham aulas de produção de flores, utilizados nos jardins da cidade.
Quanto a jardins particulares, são vários, cada um no seu momento. Muitos chegam a ser super divertidos, até mesmo troco espécies com clientes.
Existe o fator modismo, tornando difícil encontrar muitas espécies que não são da linha comercial. Cada cliente tem seu estilo e expectativa. É uma delícia quando você entra em sintonia com o cliente e consegue interpretar seu sonho: é como um passe de mágica! É fundamental tirar o máximo de informações possíveis, afinal, quem vai usufruir do espaço é o cliente, devemos respeitar e entender seus anseios: se ele gosta de receber amigos, se a família é grande, se tem idosos, crianças, e, a partir disso, damos sugestões:
Uma pequena horta quando se tem um bom espaço, quando curte cozinhar e utilizar temperos e ervas frescas para um chazinho - pessoas idosas amam ter esse tipo de trabalho como passatempo; algumas árvores frutíferas - crianças adoram colhê-las direto no pé; um lugar para uma cadeira e uma rede, com o som de água.
Acho importante um jardim sensorial; replantar aquele vaso de orquídea ou violeta que ganhou de presente de uma tia querida ou da mãe, isso dá um aconchego a casa. A família interagindo, é como se fosse alimento para alma, o ser humano precisa desse vínculo com a terra.


Compartilhar:



eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

Comente esta matéria:
Nome:
E-mail:
Digite o seu comentário sobre a matéria:
Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



1 - Autor: izabel Leite Braga - Data: 02/04/2011 23:15:42

Apresenta e representa a inesgotável sensibilidade que a arte de respeitar a natureza nos impoe.Muito bom!....



2 - Autor: Nélson Machado - Data: 21/03/2011 14:01:18

Sua visão do paisagismo poder mudar a vida das pessoas é instigante e motivadora. parabéns miriam.



3 - Autor: Juliana Bezerra - Data: 20/03/2011 21:09:24

TRABALHO BONITO E BEM FEITO É O RESULTADO DE QUEM TEM AMOR, NÃO SÓ PELO QUE FAZ, MAS PELAS PESSOAS E PELO MUNDO ! PARABÉNS MIRIAN, VOCÊ MERECE!



4 - Autor: Rita Risoni do Rio - Data: 15/03/2011 21:53:08

Conheço a Paisagista e Artista floral Mirin,excelente profissional,que une o bom gosto com a competência. Parabens pela entre vista.




Entrevista
Marcos Malamut fala sobre os benefícios dos projetos para o ser humano e o espaço urbano
Marcos Malamut fala sobre os benefícios dos projetos para o ser humano e o espaço urbano

Entrevista com o arquiteto paisagista Marcos Malamut, onde ele nos fala sobre seu trabalho e a escolha de sua profissão.

Conheça o trabalho da paisagista Mirian Lopes Nakagawa
Dicas Técnicas
AutoLANDSCAPE 2009: Espaçamento Real x Espaçamento pelo Eixo
AutoLANDSCAPE 2009: Espaçamento Real x Espaçamento pelo Eixo

Espaçamento Real x Espaçamento pelo Eixo

PhotoLANDSCAPE 2009: Como criar uma grade com a ferramenta polígono
PhotoLANDSCAPE 2009: Como criar uma grade com a ferramenta polígono

PhotoLANDSCAPE 2009: Como criar uma grade com a ferramenta polígono

Ecologia
Novidades
Paisagens Portuguesas: Anunciamos os ganhadores do concurso
Paisagens Portuguesas: Anunciamos os ganhadores do concurso

A AuE Soluções em parceria com o fórum Land4Us promoveu um concurso de fotografias de paisagens portuguesas.

Notícias
AuE Soluções anuncia horário de carnaval 2011

Veja o horário especial de atendimento da AuE Soluções no Carnaval de 2011

8 de Março - Dia Internacional da Mulher
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 7 No 81 / Fevereiro de 2011

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Recanto da Baronesa - Loteamento Agroecológico

Mário Sérgio Soléo Scalambrino

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*