Raizes de plantas e materiais descartados usados na purificação da água

Autor: Regina Motta - Data: 11/03/2011

A reciclagem, hoje, já é uma realidade cada vez mais utilizada, felizmente. Uma nova forma de utilizar materiais descartados está sendo desenvolvida na Universidade de Pensilvania, pelo doutorando Robert D. Cameron e o professor de horticultura Robert D. Berghage, e foi apresentada em Havana, Cuba, no Congresso de Agricultura Orgânica e Sustentável.

Preocupados com o esgotamento rápido da água potável em nosso planeta, Cameron e Berghage buscaram novas alternativas para purificar a água residual. Usando materiais descartados e uma combinação de plantas e colônias de bactérias, colocados dentro de tubos verticais, eles puderam purificar a água suja da máquina de lavar roupa, tornando-a apropriada ao cultivo de hortaliças.



É um projeto que requer muito menos espaço e é muito mais eficiente na remoção de contaminantes. Mais de 90 por cento dos poluentes da água foram removidos em 3 dias. e a água tratada apresentou baixos níveis de sólidos em suspensão e níveis não detectáveis da bactéria Escherichia coli.

O sistema de tratamento de água consiste em dois tubos plásticos corrugados de aproximadamente dois metros de comprimento por 30 cm de diâmetro, colocados na posição vertical com separação de cerca de 90 cm entre eles, em uma base contendo 30 cm de terra e calcário moído.
Na base dos tubos plantaram papiros e rabo de cavalo - conhecida também como cavalinha. As duas fossas condutoras foram preenchidas com camadas alternadas de rochas porosas, esterco compostado de gado, turfa, pneus triturados, cerâmica e calcário moído.

Um dado interessante é que plantaram hortaliças e plantas ornamentais - tomates, pimentões, alecrim, manjericão e orquídeas - em buracos perfurados ao longo do comprimento dos tubos. Foram bombeados aproximadamente 170 litros de águas residuais provenientes de uma máquina de lavar no topo dos dois tubos. Não apenas a malha apertada - criada pela terra, cascalho e raízes - filtrou os poluentes, como as colônias de bactérias entre as raízes comeram a matéria orgânica dissolvida.

Pode-se usar também camadas de sucatas de ferro, ou de argila, para armazenar o fósforo".



Os poluentes não metabolizados são armazenados na mistura e podem ser removidos do sistema quando se substitui periodicamente as plantas.

As análises químicas da água tratada mostraram uma redução de nitritos de mais de 90 por cento - de 24 partes por milhão para apenas 1,9 partes por milhão.
O sistema também é eficaz para a filtragem de boro. Apesar de o boro ser um micronutriente necessário para as plantas, ele é tóxico em altos níveis e pode acumular-se no chão. Depois de três dias de tratamento, a água coletada na base das tubulações teve uma redução de 92 por cento. Outros poluentes foram reduzidos de forma semelhante no período de dois a três dias.

Fonte


Compartilhar:


Anterior Próximo

Anuncie gratuitamente no PaisagismoDigital !

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: Marc Ramos - Data: 08/06/2011 13:57:06

A propósito: existe algum projeto para tratamento de resíduos provenientes de banheiros (fezes, urina, água servida etc)? Já ouvi falar de um tratamento por meio de uma miniplantação de bananeiras (permacultura) para absorção dos detritos e a natural incorporação ao solo e, como sustentação nutritiva às próprias bananeiras. Obrigado!



Regina Motta: Nestes dois artigos abaixo você verá algumas informações sobre o assunto e fontes de pesquisa:
http://www.paisagismodigital.com/Noticias/default.aspx?id=Novidade!-Uso-de-plantas-ornamentais-em-saneamento&in=99
sobre a casca de banana
http://www.paisagismodigital.com/Noticias/default.aspx?id=Meio-ambiente:-Casca-de-banana-pode-despoluir-a-%C3%A1gua&in=185



2 - Autor: José Jesus Alves Cariano - Data: 18/03/2011 17:00:50

Meus caros amigos esta matéria exposta é de uma importância vital para todos os que se preocupam com a MÃE TERRA e com todos os seres viventes nela. Eu felizmente já conhecia parte desta matéria, porque já utilizei plantas para uma pequena barragem e deu resultado. Para mim foi surpresa as outras matérias descartáveis. Bem hajam por este artigo. Um abraço, até breve.



AuE Responde: Prezado José Jesus, muito interessante o seu depoimento dizendo que já usou plantas na purificação da água! Todas as boas iniciativas, como esta, de grande simplicidade, merecem ser divulgadas, não é?
Um abraço




Entrevista
Marcos Malamut fala sobre os benefícios dos projetos para o ser humano e o espaço urbano
Marcos Malamut fala sobre os benefícios dos projetos para o ser humano e o espaço urbano

Entrevista com o arquiteto paisagista Marcos Malamut, onde ele nos fala sobre seu trabalho e a escolha de sua profissão.

Conheça o trabalho da paisagista Mirian Lopes Nakagawa
Dicas Técnicas
AutoLANDSCAPE 2009: Espaçamento Real x Espaçamento pelo Eixo
AutoLANDSCAPE 2009: Espaçamento Real x Espaçamento pelo Eixo

Espaçamento Real x Espaçamento pelo Eixo

PhotoLANDSCAPE 2009: Como criar uma grade com a ferramenta polígono
PhotoLANDSCAPE 2009: Como criar uma grade com a ferramenta polígono

PhotoLANDSCAPE 2009: Como criar uma grade com a ferramenta polígono

Ecologia
Novidades
Paisagens Portuguesas: Anunciamos os ganhadores do concurso
Paisagens Portuguesas: Anunciamos os ganhadores do concurso

A AuE Soluções em parceria com o fórum Land4Us promoveu um concurso de fotografias de paisagens portuguesas.

Notícias
AuE Soluções anuncia horário de carnaval 2011

Veja o horário especial de atendimento da AuE Soluções no Carnaval de 2011

8 de Março - Dia Internacional da Mulher
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 7 No 81 / Fevereiro de 2011

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Projeto em um sítio

ALESSANDRA VILLELA PAISAGISMO LTDA - ME

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Agenda

Agenda de Eventos de Paisagismo

Conversar no Whatsapp +55 (27) 99298-2445

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*