Guilherme Motta, diretor da AuE Soluções, fala sobre a empresa e o mercado de paisagismo

Autor: Anita Cid - Data: 05/06/2009

Guilherme Motta

Guilherme Motta é Arquiteto e Urbanista graduado pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Sua formação acadêmica, também fundamentada em curso Técnico de Informática, tem possibilitado o desenvolvimento de softwares pioneiros no Brasil: o AutoLANDSCAPE e o PhotoLANDSCAPE.

AuE Soluções: Como você avalia o mercado de paisagismo atual?

Guilherme: Um dos principais termômetros do mercado de paisagismo no Brasil é a Fiaflora, que é a maior feira do setor no país. A partir dela podemos perceber que o paisagismo cresceu muito nos últimos anos e que agora está passando por um momento de profissionalização. Os profissionais da área estão cada vez melhores e procurando se aperfeiçoar para se manterem no mercado. Concomitantemente a isto, a profissão encontra-se em um momento privilegiado, pois a conjuntura atual nos levou a repensar nossa relação com o meio ambiente e colocou a ecologia sobre o foco da mídia em geral. Fatos estes que impulsionam a profissão de paisagismo.

AuE Soluções: Como você vê a AuE Soluções neste cenário?

Guilherme: Acredito que a AuE Soluções foi um motor de profissionalização do paisagismo. Temos muitos clientes que trabalhavam há mais de 20 anos com paisagismo mas que não faziam projeto, elaborando seus jardins e áreas externas na hora da execução. Com a chegada da AuE Soluções, muito destes profissionais viram a necessidade de pensar e projetar antes de executar e começaram a fazer isto utilizando os softwares da empresa.
Atualmente, a AuE Soluções desenvolve softwares e serviços de paisagismo que atendem não somente as necessidades atuais dos nossos cliente, como também nos antecipamos frente a estas necessidades, inoculando novas tecnologias no mercado, o que faz com que os paisagistas se atualizem e aprendam a utilizar todos estes avanços tecnológicos, tornando o mercado paisagístico cada vez mais sério e profissional. Com a profissionalização deste setor, a profissão passa a ser mais respeitada e consolidada.
Como no Brasil ainda não existe uma graduação específica de paisagismo, a maioria dos profissionais aprendem a fazer paisagismo na prática. Neste sentido, os programas da AuE Soluções também os ajudam a disciplinar o método de fazer paisagismo, criando padrões de alto nível para a profissão.

AuE Soluções: Como surgiu a idéia de criar o AutoLANDSCAPE?

Guilherme: Quando eu ainda era estudante de Arquitetura e Urbanismo tive que fazer um projeto de paisagismo para o campus da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Ao realizar-lo encontrei muitas dificuldades pois o processo era extremamente cansativo e improdutivo. Para escolher as plantas que seriam utilizadas era preciso consultar vários livros de botânica. Estes são organizados por ordem alfabética, e não por critérios como cor das flores, porte das plantas, critérios estes que são utilizados ao elaborar um projeto paisagístico. Esta diferença de padrão, dificulta a seleção das espécies e aumenta o tempo e esforço necessários. Paralelo a isto, a incessante contagem de bolinhas, faz com que o trabalho se torne cansativo e repetitivo. Visto todas estas dificuldades tive a idéia de criar um programa que as solucionassem. Pouco tempo depois, a UFJF abriu inscrições para o projeto jovem empreendedor de informática e eu inscrevi o projeto do programa que viria a se tornar o AutoLANDSCAPE. Fui selecionado e comecei a desenvolve-lo em 1997.

AuE Soluções: O que foi necessário para desenvolver o software?

Guilherme: Primeiramente foi necessário criar um banco de dados. A princípio tentei parcerias com autores de livros e catálogos de plantas, o que não se concretizou. Resolvi então criar este banco de dados. Comprei uma câmera de qualidade e aprendi a fotografar. O passo seguinte era identificar cada espécie, para isto pude contar com a ajuda da minha irmã, a bióloga Regina Célia de Oliveira e de outras botânicas como a Marinês Eiterer. Atualmente nosso banco de dados é composto por 50 mil fotos e mais de 2 mil espécies cadastradas e identificadas. Cabe ressaltar que este trabalho é contínuo na AuE Soluções e que sempre estamos tirando novas fotos e que contamos com uma botânica que se encarrega de identificá-las. Concomitantemente ao banco de dados, desenvolvi a programação. O programa foi lançado em 1999.

AuE Soluções: Como surgiu a idéia de criar o PhotoLANDSACAPE?

Guilherme: Quando lançamos o AutoLANDSCAPE, percebemos que muitas pessoas gostavam da idéia do software mas que tinham muita dificuldade de utilizar o AutoCAD. Por outro lado, já haviam profissionais que se especializaram em desenhar no computador. Seus trabalhos chegavam a custar 2 mil reais por desenho. Percebendo isto, tentamos fazer com que o AutoLANDSCAPE também pudesse fazer a apresentação deste projeto em 3D, o que não deu muito certo. Os programas existente no mercado como 3D Stúdio e AutoCAD requer muitos conhecimentos e experiência. A solução para a apresentação de projetos de forma prática e rápida foi a fotomontagem. Assim, surgiu o PhotoLANDSCAPE que foi lançado em 2003. Seu intuito é completar o AutoLANDSCAPE e permitir que profissionais que não entendam tanto de informática consigam fazer uma apresentação de qualidade de seus projetos.

AuE Soluções: Atualmente, o comércio on line está em franco crescimento. Neste cenário a AuE Soluções criou o Paisagismo Digital. O que podemos esperar deste site?

Guilherme: O Paisagismo Digital surgiu por uma demanda de comerciantes de produtos paisagísticos que gostariam de colocar seus produtos dentro do banco de dados dos softwares da AuE Soluções, para que quando nossos usuários estivessem elaborando seus projetos utilizassem estes produtos. Por outro lado, alguns clientes também ligavam para nós para saber onde poderiam adquirir os produtos que estavam no banco de dados. Além disso, como nosso banco de dados foi feito através de fotos tiradas em vários lugares do Brasil, os profissionais encontram espécies que pode não estar disponível na região que atuam. Cabe lembrar que as plantas disponíveis em nosso acervo irão se adaptar em praticamente todas as cidades do Brasil, salvo as cidades nas quais há geada. Desta forma o Paisagismo Digital surge exatamente para ligar quem vende plantas e artigos paisagístico com quem os compra. Com os avanços da internet esta comunicação foi facilitada.
A princípio surgiu o AuE Network, um sistema que liga nossos usuários com estes fornecedores. Pensando que os principais paisagistas do Brasil utilizam nossos softwares, esta é uma excelente ferramenta para divulgar os produtos destes fornecedores. O primeiro cliente deste sistema foi o Cleofas, que fabrica vasos de cerâmica e ele nos pediu para visualizar seus vasos em nosso banco de dados. Para isso, criamos um site, o Paisagismo Digital. A partir daí, o site se expandiu e qualquer pessoa que tem uma loja ou que trabalha com paisagismo pode anunciar seus produtos e serviços gratuitamente no site. Os internautas por sua vez, podem consultar em um só lugar informações de plantas e artigos paisagísticos e rapidamente descobrir onde adquirir tais produtos.

AuE Soluções: Quais são os projetos futuros da AuE Soluções e do Paisagismo Digital?

Guilherme: Acabamos de lançar a versão 2009 dos softwares AutoLANDSCAPE e PhotoLANDSCAPE e estamos dando continuidade ao processo contínuo de aperfeiçoamento dos mesmos, que culminará nas versões futuras. Mensalmente, disponibilizamos novas plantas que estão disponíveis para download, ampliando constantemente o banco de dados. Paralelamente estamos terminando de desenvolver um programa para projetos de irrigação. A água é um elemento fundamental a nossa sobrevivência e já se sabe que devemos repensar o modo como estamos a utilizando. Frente a isto, faz-se necessário o planejamento de seu uso. Com isto os projetos de irrigação se tornam indispensáveis, por isso estamos finalizando este software que irá simplificar desde a marcação das origens da água até o orçamento final dos projetos hidráulicos. Além disso, nosso próximo passo será desenvolver um software para manutenção de áreas verdes, que irá fazer a manutenção do projeto de paisagismo projetado com o AutoLANDSCAPE e do projeto de irrigação feito no HydroLANDSCAPE.
Todos estes projetos estão ligados com o Paisagismo Digital, uma vez que a reposição de plantas e itens para paisagismo é constante e site é um catálogo completo para tais compras. Desta forma, todo nosso trabalho vai se completando e facilitado ainda mais o dia-a-dia profissional dos nossos clientes. Também no Paisagismo Digital, vamos prosseguir e aperfeiçoar o blog que acabamos de criar, que possibilita que os visitantes além de se informarem sobre cada planta, também deixem sua contribuição para o paisagismo.

AuE Soluções: Este mês a revista AuE Paisagismo Digit@l completa 6 anos. Qual é a avaliação que você faz da revista?

Guilherme: A revista foi criada para ser um meio de comunicação da empresa com seus clientes e hoje é um meio de comunicação do paisagismo. É um veículo de comunicação sério e constante, que aborda não apenas os eventos e profissionais de São Paulo e região, mas sim contempla eventos e paisagistas de todas as partes do Brasil. Temos por exemplo, o caso da paisagista Christiane Heringer, que após ser entrevistada em nossa revista foi convidada para participar de um outra revista do setor de circulação nacional para divulgar o trabalho que está desenvolvendo em Imperatriz-MA. Esta nossa iniciativa não somente divulgou o trabalho da profissional, como também o paisagismo que existe naquela região. A revista valoriza o paisagismo e seus profissionais, contribuindo para a valorização da profissão e divulgação da mesma.
Outra grande vantagem que destaco é que todas as revistas ficam armazenas na web, permitindo assim uma consulta constante as entrevistas, que são atemporais, projetos de paisagismo, matérias e dicas técnicas. Estas auxiliam nossos usuários a aprenderem a utilizar os softwares da AuE Soluções, aumentando a qualidade de seus serviços.

AuE Soluções: Como a revista digital contribui na divulgação do trabalho de nossos clientes?

Guilherme: A revista é considerada um veículo de comunicação sério e atualizado, e é conhecido e reconhecido pelos outros meios de comunicação do setor de paisagismo, como revista Natureza, Paisagismo e Casa e Jardim. Como costuma-se falar, a propaganda é a alma do negócio, no entanto, para aquelas pessoas que fazem projetos de arquitetura e paisagismo é um pouco complicado fazer esta propaganda. Neste sentido, a revista AuE Paisagismo Digit@l é uma ótima ferramenta de divulgação destes trabalhos, já que referência no setor. Quando analisamos o histórico de visitação da revista, constamos como o site é visitado. Ao digitarmos no google "projeto de paisagismo", o site da AuE Soluções aparece na primeira página, o que comprova o fluxo de vistas que recebemos diariamente. Se eu fosse paisagista ficaria louco para aparecer na revista!


Compartilhar:


Anterior Próximo

Biblioteca gratuita sobre paisagismo.

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: maria das graças ferreira pinto - Data: 14/09/2010 18:59:24

guilherme otima noite adorei a sua capacidade e competencia empreendedora e criativa abraços badinha



2 - Autor: Lucas Pereira de Souza - Data: 10/06/2009

Tenho floricultura,trabalho com jardinagem e paisagismo...
Qual dos dois programas você me endica para eu poder fazer meus trabalhos de forma prática a princípio...


AuE Responde: Lucas, o AutoLANDSCAPE é voltado para agilizar o projeto, quantificação e orçamento enquanto o PhotoLANDSCPE é voltado para a apresentação ao cliente.

Ou seja, o PhotoLANDSCAPE ajuda a vender e o AutoLANDSCAPE ajuda a cumprir os prazos. Você precisa saber qual é a sua dificuldade.

Um abraço.



3 - Autor: Antonia Lima Oliveira - Data: 30/05/2009

Guilherme,
Estou no grupo que trabalha com paisagismo há mais de 20 anos e, lamentavelmente, só agora 2009, estou engatinhando nessas maravilhas da AuE Soluções, PARABENS MESMO.
Um grande abraço,
Antonia



Resposta: Antonia, como diz o ditado "o passado é uma lembrança, o futuro uma promessa e o hoje é uma benção, por isso se chama presente". Todo dia temos de aprender coisas novas e nos reinventar, o importante é permanecermos com um olhar curioso para que o aprendizado seja divertido.
Obrigado pelas palavras e sucesso!Guilherme Motta




Entrevista
AuE Network
Dicas Técnicas
Ecologia
Novidades
Notícias
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 5 No 60 / Maio de 2009

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Projeto Firenze

Angela Cristina Herberts Haag

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*