Plantas despoluidoras

Autor: Anita Cid - Data: 10/01/2009

As plantas ao realizarem a fotossíntese retiram gás carbônico (CO2) do ar e liberam oxigênio (O2). Mas, mais do que isto, algumas plantas também podem livrar o solo e a água de resíduos e, portanto, são usadas no combate à poluição causada por substâncias químicas prejudiciais à flora, fauna e a saúde humana.

O girassol, por exemplo, absorve o chumbo de solos ocupados por indústrias pesadas; a mostarda pode ser usada para retirar óleo diesel, a flor-de-tabaco é responsável pela limpeza de locais contaminados por cádmio e a grama purifica ambientes contaminados com zinco. Podemos citar também o crisântemo, que purifica lugares com solventes provenientes de materiais como cola, tintas e feltros e o clorofito, que retém o monóxido de carbono e o gás formaldeído, utilizado na fabricação de corantes, vidros e espelhos.

É importante salientar que nos casos de plantas despoluidoras do solo é necessário, depois de um tempo, retirar as espécies do local de cultivo e incinera-las, uma vez que estão impregnadas de substâncias tóxicas.

Fonte: Revista Paisagismo


Compartilhar:


Anterior Próximo

 eBook: 20 plantas comestíveis para o seu jardim

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: Emilly - Data: 27/02/2012 17:46:46

como saber os nomes das plantas despoluidoras ?


AuE Responde: Boa tarde, Emilly. Você pode acessar o site www.paisagismodigital.com.br e abrir um fórum com sua questão. Obrigada. Camila Fonseca, Ass. de Comunicação



2 - Autor: jessica - Data: 21/09/2011 13:29:09

terei de fazer um projeto na feira de ciencias da minha escola e presciso de opiniões pra super projetos pode me ajudar ?




AuE Responde:: Errata: www.paisagismodigital.com.br



3 - Autor: Luciene Batista - Data: 07/04/2010

A espada de São Jorge e espécies afins também promove a troca benéfica: retira CO2 dos ambientes (inclusive os quartos)e libera oxigênio.



4 - Autor: ROSE DIEKE - Data: 07/03/2009

obrigada mais uma vez por ajudar-nos na tentativa de ajudar a natureza,gostaria de utilizar umas espécies que possam colaborar na limpeza de valas negras de esgoto,e água de pia de cozinha...grata



5 - Autor: Kathleen F. Melo Cruz - Data: 25/01/2009

Amei, esta matéria. Já gostava muito destas espécies, agora admiro mais ainda. Nosso meio ambiente necessita muito de coisas assim. Agora cabe a nós profissionais utilizarmos estas maravilhas.



6 - Autor: Ana Maria de Abreu Marques - Data: 19/01/2009

Muito bacana a divulgação dessas ações tão específicas das plantas sobre saúde do nosso ambiente. Admiro muito o clorofito pela sua generosidade de reprodução, e essa matéria veio reforçar ainda mais a minha opinião sobre as virtudes dessa espécie.
Parabéns pela revista.
Ana Maria de Abreu Marques



7 - Autor: MARIA CLARA DECENZO - Data: 12/01/2009

EXCELENTE...PRECISAMOS DE MAIS INFORMAÇÕES DESTE TIPO...SOUBE QUE A NASA FEZ UMA PESQUISA COM O SPATIFILIO E EL AMENISA O DANOS CAUSADO PELAS MICRO ONDAS DE TV, CELULAR E PC NOAMBIENTE.



8 - Autor: Carla H. Oldemburg - Data: 12/01/2009

carmelaconsultoria@gmail.com



9 - Autor: Adriana Corrêa - Data: 12/01/2009

Olá, pessoal. Muito bacana essa dica sobre plantas despoluidoras. Divulgar ações de preservação ambiental é não ficar alheio a nossa responsabilidade social. Espero que a revista eletrônica continue gerando bons frutos a todos.

Um forte abraço,

Adriana Corrêa



10 - Autor: rose dieke - Data: 10/01/2009

gostaria de mais informações sobre estas plantase mais variedades...grata
__________________________
AuE Responde:
Atualmente, muitos estudos têm sido realizados com diversas espécies que possuem
características despoluidoras, a utilização destas plantas é chamada de fitorremediação.
Como exemplo de outras plantas que possuem estas características podemos citar a erva
sal (Atriplex nummularia) que apresenta potencialidade como planta despoluidora de áreas de solo contaminadas pela salinidade de rejeitos; e ainda, hortaliças comuns como Beterraba (Beta Vulgaris L.) que absorve grande quantidades de fosforo, potássio e magnésio presentes no solo ou águas residuárias empregadas em irrigações; Rabanetes (Raphanus sativus L.) empregada principalmente na extração de ferro, magnésio, zinco e
cobre; Alface (Lactuca sativa) que é considerada a principal acumuladora de metais pesados (principalmente zinco, cobre, e chumbo), entre outas inúmeras espécies.
Para saber mais sobre o processo de fitorremediação indicamos o artigo FITORREMEDIAÇÃO que pode ser acessado pelo link:
www.universoambiental.com.br/Arquivos/Agua/fito.pdf

Fonte:
sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br
www.infobibos.com



11 - Autor: Claudia - Data: 10/01/2009

Muito interessante



12 - Autor: Livia Neves - Data: 09/01/2009

Adorei esta informação, volto a frisar o que escrevi uma vez Belo Horizonte precisa de cursos deste nivel, sou funcionaria publica e trabalho na area de parques e e jardins com um projeto adote um verde.




Entrevista
Dicas Técnicas
Ecologia
Notícias
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 5 No 55 / Dezembro de 2008

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Parque Urbano Ibitinga SP

Ulisses Uliana Bething

Praça das Colunas Serra ES

Ulisses Uliana Bething

Parque Capivari

Ulisses Uliana Bething

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*