Claudio Rohrsetzer: paisagismo na Califórnia

Autor: Regina Motta - Data: 26/02/2014

Claudio Rohrsetzer é paisagista na Califórnia, My Urban Gardener, desde 1991, onde desenvolve um belo trabalho envolvendo várias atividades como na área de paisagismo, permacultura, hortas urbanas e sustentabilidade. Sua formação inclui, entre outros, cursos de paisagismo no Merrit Colege e Sonoma State University.

Vamos deixar que ele mesmo nos conte sobre o seu trabalho na Califórnia e suas observações sobre o que é feito lá na área de paisagismo.

Aue Paisagismo: Gostaríamos de conhecê-lo melhor, você é brasileiro? Já viveu no Brasil? Como foi a sua escolha pela profissão de paisagista?

Pois é, sou brasileiro nascido em Porto Alegre. Minha formação acadêmica no Brasil foi em Direito, mas sempre gostei de trabalhar com plantas. Em 1989 larguei tudo no Brasil e decidi morar nos USA. Em 1991 já estava com meu negocio de Paisagismo montado e assistindo aulas de Paisagismo na faculdade para me especializar.



Aue Paisagismo: Como é o paisagismo na Califórnia? Existe exigência de formação para quem exerce a profissão? Quais as dificuldades encontradas? Há valorização de áreas e edificações que tenham um projeto de paisagismo implantado?

A profissão de Paisagista aqui nos USA é regulamentada em todos os níveis. No nível mais técnico, como instalação e manutenção você precisa se licenciar como Contractor. Já no nível de arquiteto, você precisa cursar uma faculdade de 4 ou 5 anos. Tanto o Contractor como o Arquiteto precisam comprovar um certo numero de anos de experiência para fazer o teste e obter a licença, que é regulamentada em nível estadual.

A formação acadêmica é feita pelos Comunity Colleges com cursos técnicos de 2 anos e pelas universidades no caso dos arquitetos. O arquiteto paisagista aqui nos USA é uma profissão completamente independente do arquiteto que trabalha com edificações.



A profissão é super valorizada em todos os níveis e existe uma deficiência crônica de mão de obra.
Quanto a edificações com projeto de paisagismo implantado, o mesmo é obrigatório em novas construções, inclusive com a necessidade de aprovação pela cidade do tipo de paisagismo a ser instalado; o poder público tem participação direta em todas as fases do projeto de paisagismo.

Aue Paisagismo: Você tem um Centro de Aprendizagem, quais as técnicas que são ensinadas?

Utilizo muito os princípios da Permacultura e de Sustentabilidade bem como algumas técnicas tradicionais aplicadas pela Universidade da California, onde me graduei como Master Gardener em 2008.



Aue Paisagismo: Na questão de escolha das espécies botânicas, há prioridade para espécies nativas?

Plantas nativas atraem uma variedade imensa de pássaros, borboletas e insetos. Estas plantas, assim que se estabelecem no jardim, precisarão de muito pouca água e praticamente nada de fertilizante, o que traz um grande beneficio ambiental. Nos últimos 5 anos, o uso de plantas nativas cresceu muito, assim como a redução da área de gramas.

Na California, praticamente temos somente 3 ou 4 meses por ano de chuvas, o que torna fundamental a escolha de plantas que se beneficiam com este clima seco. Nos meus projetos sempre dou prioridade para o uso de plantas nativas do local e existe uma grande aceitação por parte do cliente.

Aue Paisagismo: Sabemos que sua especialidade são as Hortas Urbanas, o que não é tão comum aqui, conte-nos sobre elas, o interesse das pessoas em ter uma horta.

Na verdade eu combino as hortas com plantas ornamentais, criando pequenas comunidades de plantas que se completam. Quanto mais flores numa horta, mais polinização e um grande aumento de produtividade. Com este sistema de "Plant Guilds", o cliente alem da parte estética possui algo comestível para tirar do jardim. Isto é possível hoje em dia graças ao sistema de gotejamento automático, onde é possível programar exatamente o que cada planta vai receber de água diretamente na raiz.

Aue Paisagismo: Existe uma tendência mais forte e específica nos projetos de paisagismo daí?

A tendência aqui é por jardins de pouca manutenção, que utilize pouca água e fertilizantes e que proporcione um retorno estético que, com certeza, irá trazer uma valorização da propriedade do cliente.

Aue Paisagismo: Sobre a permacultura aplicada ao paisagismo, uma atividade que você exerce, esperamos que nos brinde com um artigo específico para a Revista.

Sem duvida, estou preparando uma matéria sobre o uso da permacultura em jardins residenciais. Tenho certeza que o leitor da AUE Paisagismo vai gostar.




Aue Paisagismo: Você nos disse que acompanha o paisagismo no Brasil através de nossa Revista Auepaisagismo. Quais as diferenças que você percebe entre o paisagismo no Brasil e na Califórnia?

A revista de Paisagismo Digital é, sem comentários, minha leitura preferida para me manter atualizado do que está acontecendo no Brasil em termos de paisagismo.O paisagismo no Brasil está crescendo bastante e tenho certeza que irá crescer muito mais quando o governo regularizar a profissão, existe um potencial enorme, principalmente no setor residencial. Quando fui ao Brasil em julho de 2013, visitei varias floriculturas e notei que não há uma grande diversificação de plantas e materiais a serem usados na construção de jardins. Notei também uma grande deficiência em maquinário, tipo roçadeiras, máquinas de cortar grama e sopradores.

O pouco equipamento que encontrei a venda, achei caro e desatualizado. Já na parte de software, gostei muito do AutoLANDSCAPE, PhotoLANDSCAPE e HydroLANDSCAPE, os 3 têm condições de concorrerem com os melhores programas oferecidos aqui nos USA.


Compartilhar:


Anterior Próximo

eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

Comente esta matéria:
Nome:
E-mail:
4 + 9 = ?
Digite o seu comentário sobre a matéria:
Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



1 - Autor: Simone Coutinho - Data: 07/06/2017 15:44:57

Prezados, parabéns pela iniciativa de trazer experiencias fora do Brasil para cá! Além de cliente da Aue por varios anos, agora estou aqui nos EUA também como o Claudio. Estou cursando o Master em Arquitetura Paisagistica e minha formaçao é Engenheria Florestal. Com 20 anos de atuaçao no mercado de Projetos de Paisagismo e gerenciamento de obras dos mesmos, me deparei com um mercado que exige licenças, certificados e muita responsabilidade por parte do profissional. Voce aqui, atua na área, como bem citou o Claudio em diversos níveis, para para todos, voce precisa comprovar que entende do riscado! Isto é muito bom para a sociedade e para os profissionais, tornando o ambiente de negócios saudável e proporcionando desafios para voce se atualizar, como é o meu caso agora.
Continuem inovando, buscando experiencias relevantes para compartilhar conosco.
Forte Abraço.


AuE Responde: Olá Paisagista Simone, sua apreciação é muito importante para nós! Quer publicar uma matéria sobre seu trabalho em nossa Revista? Será muito bom se você aceitar nosso convite!



2 - Autor: Gerci Galhart - Data: 08/04/2014 21:52:09

É bom sempre estarmos atualizados com o que está acontecendo longe de nós, precisamos saber como proceder com nossos projetos para estar sempre inovando, principalmente com a permacultura, já que os Brasileiros estão se preocupando cada vez mais com uma boa alimentação e bem estar. Parabéns AuE Paisagismo Digital.



3 - Autor: Valcir Silvestre Mangrich - Data: 25/03/2014 08:34:41

Conheço o Cláudio e seus relevantes trabalhos na Califórnia, principalmente na região de San Francisco. É um profissional dedicado, cujo exito está relacionado aos conhecimentos que possui e ao esforço para alcançar o resultado do seu propósito. Parabens.



4 - Autor: Arlete Maria Fonseca Braga - Data: 24/03/2014 23:10:35

Muito interessante a materia. vou esperar a materia sobre permacultura.Achei q ele foi bem abrangente sobre seu trabalho e o paralelo q traçou entre os USA e o Brasil na sua area de trabalho.



5 - Autor: MARI YAMADA - Data: 24/03/2014 21:43:57

Adorei a reportagem, é bom saber que existem brasileiros que fazem a diferença (boa) lá fora, especialmente na Califórnia, lugar acolhedor e oportunidades para quem gosta de inovar, espero ansiosa pela reportagem sobre permacultura!



6 - Autor: Maria Alice de Lourdes Bueno Sousa - Data: 24/03/2014 21:16:58

Gostei muito! Interessante a matéria e importante para conhecer como é o Paisagismo nos Estados Unidos, especialmente na Califórnia e ainda para comparar com o paisagismo no Brasil. Que Revista AuE Soluções continue a trazer matérias semelhantes!



7 - Autor: Dinorah Mattos - Data: 24/03/2014 20:42:06

Muito boa a matéria e o profissional resumiu a verdade sobre o paisagismo na California. Parbéns!




Entrevista
Claudio Rohrsetzer: paisagismo na Califórnia
Claudio Rohrsetzer: paisagismo na Califórnia

Edificações com projeto de paisagismo implantado é obrigatório em novas construções com a necessidade de aprovação pela cidade

Paisagista Wagner Dentello: um empreendedor
Paisagista Wagner Dentello: um empreendedor

Com Photolandscape conseguimos profissionalizar as apresentações com um resultado muito eficiente

Botânica
Porque devemos plantar plantas nativas
Porque devemos plantar plantas nativas

As plantas exóticas do jardim podem alterar a biodiversidade da minha região, criando um efeito dominó

Engenheiros do Ecossistemas

Organismos como os cupins, formigas, as minhocas e larvas de coleópteros, são denominados "engenheiros do ecossistema". Saiba porque...

Dicas Técnicas
PhotoLANDSCAPE: Preenchendo Seleções com Imagens não Incluídas no Banco.
PhotoLANDSCAPE: Preenchendo Seleções com Imagens não Incluídas no Banco.

Você sabia que é possível utilizar imagens que não estejam em seu banco de dados para suas fotomontagens feitas no PhotoLANDSCAPE?

AutoLANDSCAPE: Como alterar o nome das colunas na legenda
AutoLANDSCAPE: Como alterar o nome das colunas na legenda

Aprenda alterar os campos da legenda do seu projeto de paisagismo com o AutoLANDSCAPE

HydroLANDSCAPE: Configuração de tubos parte 1 - Tubos coloridos x monocromáticos
HydroLANDSCAPE: Configuração de tubos parte 1 - Tubos coloridos x monocromáticos

Veja como configurar os tubos para irrigação utilizando o HydroLANDSCAPE.

Ecologia
Jardim Botânico do Faial preserva espécies dos Açores
Jardim Botânico do Faial preserva espécies dos Açores

O Jardim Botânico do Faial planta de mais 500 exemplares de 120 espécies naturais dos Açores

Notícias
Concurso de Fotografias de Jardins promovido pelo Kew Garden IGPOTY - Londres
Concurso de Fotografias de Jardins promovido pelo Kew Garden IGPOTY - Londres

A 8ª competição anual abre em fevereiro de 2014, com um prazo até 31 de Outubro de 2014.

Maior organismo vivo tem 2400 anos
Maior organismo vivo tem 2400 anos

Estende-se uma média de um metro de profundidade e abrange uma área tão grande quanto 1.665 campos de futebol.

Pos graduação em composição paisagística
Pos graduação em composição paisagística

Instituto Goiano de Estudos Avançados INGEA oferece este curso em Goiânia

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 10 No 117 / Fevereiro de 2014

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Jardim de Angélica
Jardim de Angélica

Anegrid Lucila Gnich Dos Santos

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*