Controle Biológico: Insetos de vilões a parceiros

Autor: Bruno Corrêa Barbosa - Data: 12/12/2013

Controle biológico é uma área que pouco é tratada no Brasil, tal assunto retrata que todas as espécies de plantas e animais têm inimigos naturais, os quais atacam vários estágios de vida de seus alvos. Dentre os inimigos naturais existem grupos bastante diversificados como insetos, vírus, fungos, bactérias, aranhas, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

O termo "Controle Biológico" foi mencionado pela primeira vez em 1919 por H.S. Smith para referenciar o uso de inimigos naturais no controle de insetos-praga em cultivos. Em seguida esse termo passou a ser utilizado para todas as formas de controles alternativos aos produtos químicos, que envolvessem organismos vivos.

O controle biológico é um fenômeno natural, o qual consiste no controle do número de plantas e animais pelos seus inimigos naturais ou introduzidos. Podendo ser útil para o controle de patógenos, pragas e "ervas daninha". Para isto, envolve o mecanismo de densidade recíproca, onde uma população é controlada por outra população, isto é, um inseto praga é sempre controlado por outro inseto, que por sua vez é predador do inseto praga e assim mantém o equilíbrio natural do ambiente, onde se uma das populações aumenta simultaneamente a outra também irá aumentar.

Os controladores biológicos pode ser definidos de três maneiras:

1)Parasitoides: São seres vivos que parasitam outros seres impossibilitando-os chegar à fase reprodutiva. O parasitoide passa um período em desenvolvimento internamente ou externamente em um único hospedeiro, que no final do ciclo o mata.
2)Predadores: Durante todo seu ciclo de vida ou parcialmente são organismo de vida livre que buscam ativamente e matam suas presas. Normalmente são maiores que suas presa e precisam de mais do que uma presa para completar seu ciclo de vida. Ex: Marimbondos e Gaviões.
3)Patógenos: Os agentes patogênicos são organismos microscópicos que podem se multiplicar no organismo do seu hospedeiro, podendo causar infecções e outras complicações.


Lagarta parasitada por um Parasitoide
Foto: Bruno C. Barbosa



Formiga morta por um fungo patogênico
Foto: Bruno C. Barbosa



Vespas Sociais desempenhado papel de predadores naturais
Foto: Bruno C. Barbosa

Existem quatro tipos de controle biológico:

- Controle Biológico Artificial: interferência artificial de forma que ocorre aumento de seres predadores, parasitoides ou patogênicos, sendo eles, seres vivos mais atuantes no controle biológico natural como insetos, fungos, vírus, bactérias, nematoides e ácaros.
- Controle Biológico Clássico: introdução por meio de importação e colonização de predadores ou parasitoides, focando ao controle de pragas exóticas, ocasionalmente nativos. A liberação é realizada com um número reduzido de indivíduos por algumas vezes no local, como uma medida de controle a longo prazo, pois a população dos inimigos naturais tende a aumentar com o passar do tempo e, portanto, somente se aplica a culturas especificas como semiperenes ou perenes.
- Controle Biológico Natural: refere-se a populações de inimigos naturais que ocorrem naturalmente no local, responsáveis pela mortalidade natural no agroecossistema e, consequentemente, pela manutenção de um nível de equilíbrio das pragas.
- Controle Biológico Aplicado: trata-se de liberações em massa de predadores ou parasitoides, após criação laboratorial de larga escala. Esse tipo de controle biológico é bem aceito pelo mercado, pois tem um tipo de ação rápida, muito semelhante à de inseticidas convencionais.

Classicamente escutamos somente o uso de Controle Biológico para Agricultura, mas podemos aplicar para usos domésticos, em nossos hortas, jardins e pequenos pomares, e principalmente no paisagismo.

Simples atos pode fazer uma melhoria e benefício em suas hortas, jardins e pequenos pomares, como evitar de matar as joaninhas, marimbondos e formigas (exceto as cortadeiras), pois são insetos comumente visto em suas plantas porem são grandes aliados no combates de lagartas, pulgões, percevejos, mosquitos e outros insetos nos quais podem vir trazes prejuízos.

O controle biológico é uma alternativa ecologicamente correta, e também economicamente viável, simples ações podem trazer melhorias.

Até a próxima!


Compartilhar:


Anterior Próximo

 eBook: 20 plantas comestíveis para o seu jardim

Comente esta matéria:
Nome:
E-mail:
7 + 7 = ?
Digite o seu comentário sobre a matéria:
Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



1 - Autor: Poló Bracher - Data: 14/12/2013 13:06:41

Realmente esclarecedora e educativa a matéria! Abraços a todos!




Entrevista
Mesa redonda Visões da Paisagem: veja a opinião dos mestres

Veja vídeos com trechos da mesa redonda sobre paisagismo no lançamento do DVD 7 Visões da Paisagem.

A Prof. e  Pesquisadora Regina Célia de Oliveira fala sobre o Reflora e seu trabalho no Kew Garden
A Prof. e Pesquisadora Regina Célia de Oliveira fala sobre o Reflora e seu trabalho no Kew Garden

Regina Célia de Oliveira é Doutora em Botânica pela Unicamp, em Londres, no Projeto Reflora

Botânica
Alelopatia: Estudo da relação das plantas entre si
Alelopatia: Estudo da relação das plantas entre si

Caracteriza as interações bioquímicas entre todos os tipos de plantas, inclusive entre microorganismos

AuE Network
Novas plantas no Paisagismo Digital - dezembro 2013

Veja a relação de plantas publicadas no Paisagismo Digital e no AuE Network em dezembro de 2013

Dicas Técnicas
Os benefícios de manter seus Softwares atualizados
Os benefícios de manter seus Softwares atualizados

Entenda a importância de manter seu software atualizado e aprenda como atualizar os programas AuE Paisagismo 2012.

Seleção Clássica de Itens no AutoLANDSCAPE
Seleção Clássica de Itens no AutoLANDSCAPE

Agora você pode utilizar uma seleção de itens que vai ajudar ainda mais no seu ganho de tempo ao utilizar o AutoLANDSCAPE

PhotoLANDSCAPE: Recursos para facilitar a seleção de objetos
PhotoLANDSCAPE: Recursos para facilitar a seleção de objetos

Conheça recursos para facilitar a seleção e manuseio de objetos em sua fotomontagem utilizando o PhotoLANDSCAPE

HydroLANDSCAPE: Tela Clássica na troca de bombas
HydroLANDSCAPE: Tela Clássica na troca de bombas

Veja como foi incorporada a seleção clássica na troca de bombas para irrigação no HydroLANDSCAPE.

Ecologia
Controle Biológico: Insetos de vilões a parceiros
Controle Biológico: Insetos de vilões a parceiros

Conheça as formas de Controle Biológico que auxiliam no controle de pragas.

Notícias
Realizações da Aue Soluções em 2013

Veja a retrospectiva 2013 da AuE Soluções. Muitas realizações, novos produtos, lançamento de DVD e muito Mais!

Super planta no combate à fome mundial
Super planta no combate à fome mundial

Technion University, de Haifa, Israel, em uma pesquisa no fornecimento mundial de alimentos

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 10 No 114 / Novembro de 2013

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1045

X

AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*