Paisagista João Boaro e o paisagismo no Paraguai

Autor: Regina Motta - Data: 02/07/2015

Conversamos com o Paisagista João Boaro que exerce a sua profissão no Paraguai. Vamos deixar que ele nos conte, em seu depoimento, sobre esta experiência.

Aue Paisagismo: Como foi a sua escolha pela profissão de paisagista?

João Boaro: Sou um apaixonado pela natureza. Tudo o que faço é com muita intensidade e amor" destaca o paisagista João Paulo Boaro, 35 anos, mais de 20 de experiência laboral.

Formado em publicidade e propaganda, busca estreitar os laços com sua experiência no ramo de floricultura e paisagismo e sua formação acadêmica. Sua família tem uma das primeiras floriculturas de Foz do Iguaçu, Floricultura J.K. que exerce suas funções há quase 30 anos de serviço.

Todo conhecimento adquirido na sua profissão ele procura conciliar na apresentação do seu projeto, orçamento ou no atendimento ao cliente. Sem querer, foi um casamento perfeito.

Você fez as contas e perguntou, ué mas com 5 anos de idade já trabalhando? Isso mesmo! O desejo começou quando eu vi um funcionário da empresa cortar as folhas antigas das samambaias americanas e isso me encantou. Prontamente, minha mãe disse que, em um piscar de olhos, podei todas as samambaias.



O que me movimenta é a liberdade de fazer o que eu considero impossível para mim mesmo. Um projeto inovador por exemplo, por mais que eu esteja oferecendo um serviço de paisagismo, me permito compartilhar minhas experiências e ideias em outras áreas de produção.
Trocar experiência e conversar sobre seus erros e acertos podem ser um diferencial grande lá na frente, além de fazer você crescer espiritualmente, dará a garantia de sempre ter uma avaliação positiva, mesmo durante os problemas com seu cliente e serviço.

Vivenciamos diariamente a importância de nosso trabalho, não precisa ir muito longe para ver a realidade, basta olhar nas ruas, no céu, em todo lugar. Poluição, Calor, ar está tudo ai na nossa frente. Profissional de paisagismo não está somente em "vender plantas" mas, sim, trabalhar pela natureza em busca do equilíbrio na nova sociedade em transformação.

O grande reconhecimento do meu trabalho, além da expectativa alcançada do cliente, é ver a natureza em evolução. Onde antes não havia nada, as sementes trouxeram a vida, as flores com seus perfumes trouxeram os pássaros, as arvores com seu galhos e folhas, trouxeram a sombra e oxigênio.



Aue Paisagismo: Como é a experiência de fazer paisagismo no Paraguai?

João Boaro: Foz do Iguaçu é uma cidade com quase 300.000 habitantes. Paraguay tem mais de 6 milhões de habitantes, percebi essa oportunidade e vi que o segredo está somente em cruzar a ponte e se permitir trabalhar. Não existe mágica, existe conhecimento do serviço, comprometimento e muito trabalho.

O Paraguay é um país maravilhoso, para vocês terem idéia, ano passado, somente na área de construção, cresceu mais de 1.258 %, enquanto o Brasilzão somente 364%. Os dados falam por sua vez. O Paraguay ainda não oferece oferta na produção de flores e plantas para abastecer o país, ficando com sua vez o Brasil, grande exportador e responsável por mais de 45 % das plantas usadas no paisagismo.

 Construção em Alta


Demanda de cimento mostra o aquecimento da construção civil no Paraguai



Novos países também estão buscando sua fatia; Colômbia, Chile e Equador começam a trazer plantas de cortes, principalmente rosas, gérberas e flores do campo.

Assim como no Brasil, para trabalhar no Paraguay não precisa de uma exigência técnica para ser "paisagista", com isso, somos inundados com vários paisagistas que desconhecem os conceitos e os adornos de um bom paisagismo técnico, seus conceitos e suas vertentes. Qualquer individuo pode se considerar paisagista aqui e lá, a sua experiência e conhecimento faz a diferença.
Os clientes têm os mesmos desejos, ansiedades e, principalmente, são carentes no quesito "ter alguém para orientar o serviço". Falta profissional para orientar devidamente o cliente, acompanhá-lo em suas escolhas e ser honesto durante a produção, "plantar o que vendeu".




Aue Paisagismo: Qual o estilo de jardins que são mais usados no Paraguai? Existe diferença com os do Brasil?

João Boaro: Esteticamente, vejo com muita frequência o estilo convencional, onde particularmente, o proprietário da residência elege o que fazer, contrata uma mão de obra simples e, assim, constroem seu ajardinamento e paisagismo de uma forma arcaica. Tenho muito sorte em estar aqui neste maravilhoso país, participando de um momento especial de transformação física e estética das cidades no Paraguay.

A região do Paraguay tem uma grande produção de mudas de estação; crista de galo, tagete e tagetão, salvia, amor perfeito, gerânio, rosas etc.. Também se destacam na produção de palmeira areca, fênix, palmito, imperial, real entre outras. Como podemos ver, apenas estamos falando somente de espécies tradicionais. Sem dúvida, as palmeiras proliferam na maioria dos jardins em todos os cantos do Paraguay, mas também podemos ver os tradicionais buxinho, eugenias, moréia, ave do paraíso, bromélia, bambuzinho, podocarpos, tuias, lírios, flor do amazonas, callas e copos de leite e outras opções distintas tradicionais.

A mão de obra está super valorizada. Com o grande avanço de industrias, construções e investimentos, motivados pela crise na Europa, muitos espanhóis estão vindo ao Paraguay como ponte de um futuro melhor. Com isso, qualquer tipo de mão de obra é bem vinda, cabendo ao contratante selecionar entre a qualificada e a não.

Engana-se quem fala que o Paraguaio não tem qualificação ou qualidade em produção, eles são muitos bons profissionais, ótimos e fiéis colaboradores e fazem tudo de acordo com o que você solicitar, desde que o gestor consiga prover suas idéias de uma maneira profissional, qualquer um tem condições de fazer um bom trabalho, a dedicação fará a diferença.

Não adianta contratar a pessoa e deixa-la a Deus dará. A diferença está na liderança, entre dar oportunidade a quem se destacar e compartilhar o conhecimento adquirido.



Há 11 anos atrás fui conhecer uma região chamada PARANA COUNTRY CLUB em Hernandárias, Paraguay (www.paranacountryclub.com).
Na primeira impressão eu pensei, aqui é o meu lugar! Vendi meu carro e montei uma empresa chamada Floreria y Paisajismo Country Garden. Com o tempo, fui me adaptando às carências que meus clientes tinham, então a empresa evoluiu e hoje somos; J.B. Constructora y Representaciones.

Oferecemos representação de empresas e produtos brasileiros e internacionais para os clientes do Paraguay como co-representadores. Serviços prestados: venda de plantas, sistemas de irrigação automático, revestimentos, iluminação LED e outras novas representações que estamos nos preparando para 2016, acompanhando nosso plano de negócios.


Aue Paisagismo: Como foi o desenvolvimento da sua Empresa aí?

João Boaro: Com o rico poder aquisitivo da região, tive o prazer de, ao invés de indicar meu serviço para valorização do ramo imobiliário, eles me procuravam, para limpeza de piscinas, limpezas gerais de fim de obra ou manutenção de aluguel, compra de paisagismo etc..

Satisfatoriamente, eles entendem e escolhem pacotes de investimentos não pelo projeto, mas por soma de valores; "essa casa 5.000, aquela 8.000, essa mais especial 12.000 U$, esse investimento acompanha as prioridades da obra.." Também sempre oriento o cliente a colocar iluminação LED no jardim, porque o jardim precisa ser apreciado durante o dia e a noite, de uma maneira inteligente e econômica, a empresa Mundo das lâmpadas (MDL), me oferece este suporte.

Tive muito sorte na minha carreira no Paraguay, mas essa sorte aconteceu porque eu fui atrás dela, oferecendo o que o mercado não tinha. A valorização é de 15 a 30 % do valor do imóvel. Jardim de 12.000 U$, tem retorno de 25.000 U$;

Respeitosamente, como a carência é grande em todo Paraguay, gosto muito de experimentar desafios novos, agora mesmo, tenho uma produção agendada para julho em Pedro Juan Caballero, Santa Rita e em especial Salto de Guairá. Tenho prazer de trabalhar com a gestão de serviços em outras localidades, primeiro porque gosto de serviços especiais, segundo porque tudo na vida é uma experiência. Sinto que tudo isto está me preparando para algo maior e melhor.

Trabalhei também em projetos sociais na minha cidade como por exemplo o FLORIR FOZ, e uma das minhas maiores referências foi ser o responsável pela produção e manutenção da X GAMES BRASIL na parte de Paisagismo e decoração de ambientes com arte floral pela empresa FLORICULTURA JK.

Sem dúvida, esta experiência vou levar para sempre na minha memória, mesmo com orçamento apertado e as condições climáticas desfavoráveis, tive uma benção em trabalhar com um grupo de pessoas que, por trás de toda a maravilha daquela propaganda do evento, se dedicaram junto a equipe para fazer tudo o melhor possível que as condições não ofereciam, foi uma guerra e saímos vitoriosos. Estamos de parabéns.


Aue Paisagismo: O que você aconselharia a quem está pretendendo trabalhar na área de paisagismo?

João Boaro: Se você esta escolhendo trabalhar com paisagismo para somente ficar rico ou ganhar dinheiro, pode ir tirando o cavalinho da chuva.

Reveja os conceitos e se informe mais sobre as responsabilidades do profissional de paisagismo antes de contar os louros. Nós, profissionais responsáveis, sofremos com aproveitadores e pessoas sem comprometimento nenhum com a natureza, desmatando e desequilibrando nossa fauna e flora através de uma má gestão ou interesse profissional.

O grande desafio do Paisagista está em devolver o equilíbrio da natureza com seus projetos e sua paixão.

Os lucros são resultados de anos de perseverança e suor, independente de qual o tamanho do seu projeto ou serviço, parabéns a nós, paisagistas trabalhamos para a mãe natureza e nosso maior retorno disso esta na responsabilidade e ser alguém em especial, diferente e de bem com a vida, sensível, intuitivo e principalmente humano.

contato: jardimjk@gmail.com


Compartilhar:


Anterior Próximo

eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

Comente esta matéria:
Nome:
E-mail:
8 + 8 = ?
Digite o seu comentário sobre a matéria:
Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



1 - Autor: alessandro roberto koenig - Data: 03/06/2019 19:34:51

boa noite sr. Joao Boaro
Eu sou proprietário da empresa JARDIM BONITO PAISAGISMO E JARDINAGEM. Moro em Florianópolis, litoral do Estado de Santa Catarina. Contudo devido aos graves problemas que meu país está enfrentando, a situação profissional não é nada promissora e favorável. Gostaria de obter o senhor, informações sobre a possibilidade de me transferir para o Paraguay, aonde poderei exercer minha profissão de jardinagem, paisagismo, laguista (construção de lagos ornamentais), fontes, chafarizes, etc. Pretendo fechar minha empresa.
Eu vivo na companhia de meu pai. Sou separado, sem filhos. Tenho bastante experiencia no Ramo, tanta na implantação, como na manutenção e recuperação de jardins.
Gostaria se possível, obter informações seguras que possibilitem minha mudança. Poderei ir até aí, para me informar melhor se for necessário.
Agradecido
ALESSANDRO ROBERTO KOENIG - FONE 55 48 99976-0605


AuE Responde: Prezado Alessandro, mande sua mensagem diretamente para o Joáo Boaro, o e-mail dele está no final da matéria. Boa sorte!




Entrevista
Paisagista João Boaro e o paisagismo no Paraguai
Paisagista João Boaro e o paisagismo no Paraguai

Tenho muito sorte em estar aqui, participando de um momento especial de transformação física e estética das cidades no Paraguay.

O Paisagismo nas palavras de Alex Scandian
O Paisagismo nas palavras de Alex Scandian

O Engenheiro Agônomo Alex Scandian, da sitios-jardins.com.br, conversou conosco sobre sua empresa e seu trabalho.

Promoções
Concorra a um software de sua escolha!
Concorra a um software de sua escolha!

Estamos realizando um concurso de fotomontagens no Facebook. Participe, você pode ganhar um software AutoLANDSCAPE, PhotoLANDSCAPE ou HydroLANDSCAPE!

Quer GANHAR um DVD 7 visões da paisagem?
Quer GANHAR um DVD 7 visões da paisagem?

Quer ganhar um DVD 7 Visões da paisagem? Saiba como e participe!

Dicas Técnicas
AutoLANDSCAPE 2016 - Projeto passo a passo
AutoLANDSCAPE 2016 - Projeto passo a passo

O novo AuE AutoLANDSCAPE foi lançado e fizemos um vídeo passo a passo para mostrar como funciona esta nova versão. Confira!

HydroLANDSCAPE 2016 - Projeto passo a passo
HydroLANDSCAPE 2016 - Projeto passo a passo

O novo AuE HydroLANDSCAPE foi lançado e fizemos um vídeo passo a passo para mostrar como funciona esta nova versão. Confira!

PhotoLANDSCAPE 2016 - Projeto passo a passo
PhotoLANDSCAPE 2016 - Projeto passo a passo

O novo AuE PhotoLANDSCAPE foi lançado e fizemos um vídeo passo a passo para mostrar como funciona esta nova versão. Confira!

Ecologia
Pesquisa feita em Mato Grosso ganhou prêmio internacional no México
Pesquisa feita em Mato Grosso ganhou prêmio internacional no México

O pesquisador Wesley Dáttilo estudou como o comportamento das formigas pode ajudar na recuperação vegetal da Amazonia,

Notícias
AuE Software estará na Garden Fair 2015
AuE Software estará na Garden Fair 2015

Veja como localizar o Stand da AuE Software na GardenFair 2015

Holambra está pronta para a edição 2015 do Enflor & Garden Fair
Holambra está pronta para a edição 2015 do Enflor & Garden Fair

Mercado brasileiro de flores e plantas ornamentais investe em capacitação e criatividade para manter ritmo de crescimento

Tetos verdes em Seul
Tetos verdes em Seul

Uma das cidades mais populosas do mundo, Seul conseguiu disseminar o verde pela cidade, um exemplo para o mundo

Venha nos visitar na 20° Expolazer em São Paulo
Venha nos visitar na 20° Expolazer em São Paulo

Nos dias 14, 15, 16 e 17 de Julho, a AuE Software estará com um stand na 20° Expolazer em São Paulo. Venha nos visitar!

AuE Software participa do IV Curso de Gramados e Paisagismo em Vitória
AuE Software participa do IV Curso de Gramados e Paisagismo em Vitória

Saiba como foi o curso de Gramados e Paisagismo em Vitória/ES, e como foi a participação da AuE Software no evento.

Curso Avançado de Paisagismo em Holambra
Curso Avançado de Paisagismo em Holambra

Acontecerá neste mês de Julho o curso avançado e paisagismo em Holambra. Saiba mais...

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 12 No 133 / Junho de 2015

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Projeto Lagoinha
Projeto Lagoinha

Cláudia Cândido Moscardini

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*