Entrevista com o Arquiteto Paisagista Plínio de Toledo Piza

Autor: Renato Costa - Data: 31/08/2006

Plínio de Toledo Piza é professor da Universidade de Taubaté (Unitau) graduado em Arquitetura, e leciona no curso de Pós-Graduação em paisagismo no SENAC. Antes de cursar a faculdade, Plínio já admirava o mundo das artes plásticas, e foi com essa visão que ele vislumbrou o paisagismo. Piza já trabalha com paisagismo há cerca de 30 anos, e considera que o trabalho lhe dá possibilidades fascinantes de ação na vida das pessoas.


AuE: Como foi a sua formação profissional?
Plínio:
Antes mesmo de pensar em cursar arquitetura, já me interessava por artes plásticas. Foi com essa visão que entrei para a faculdade, buscando aliar meu interesse aos meus estudos. A partir daí, fui descobrindo o paisagismo, e vi que a profissão oferecia aquilo que eu buscava. Fui incentivado por meus professores a me aprofundar em paisagismo, dada a possibilidade de imprimir meu estilo pessoal em cada trabalho, assim como nas minhas pinturas, que faço até hoje.

AuE: A sua formação acadêmica foi suficiente para a sua formação profissional?
Plínio:
Não. A faculdade de Arquitetura aborda muitos conceitos necessários na formação do paisagista, mas isso não é o suficiente. É necessário que sejam feitos estudos e cursos complementares, mais específicos e aprofundados no campo do paisagismo.

AuE: Atualmente as universidades têm oferecido uma formação satisfatória para o paisagista?
Plínio:
As universidades têm melhorado suas grades curriculares com relação ao paisagismo. No caso específico da faculdade de Arquitetura da Unitau, oferecemos 4 semestres de estudos relacionados ao paisagismo, o que tem refletido positivamenmte no nosso curso.

AuE: Como tem sido sua experiência com o ensino de paisagismo?
Plínio:
Muito positiva. O que busco oferecer aos alunos é uma noção de percepção ambiental, desde o bairro até uma região que envolve várias cidades. Esse trabalho de campo é muito importante, pois mostra ao acadêmico a necessidade de perceber o ambiente como um todo, observando todos os aspectos que o envolve. A partir daí, a intervenção do paisagista na área tem a possibilidade de ser muito mais efetiva.

AuE: Na sua opinião, existe a necessidade de se regulamentar a profissão de paisagista?
Plínio:
Essa questão é polêmica, mas acho que a única maneira de se pensar em uma regulamentação da profissão é criando primeiro um curso superior de paisagismo. A partir daí, existirá a possibilidade de se registrarem os profissionais.

AuE: A tecnologia auxilia na formação e no trabalho prático do paisagista?
Plínio:
Com toda certeza. Além de você otimizar tempo e poupar despesas, você pode oferecer ao cliente um produto com mais qualidade. Nesse quesito, os softwares CAD e os progrmas desenvolvidos pela AuE Soluções são bons exemplos de ferramentas de auxílio no nosso trabalho.

AuE: Quais são as dicas que você deixaria para quem quer trabalhar com paisagismo?
Plínio:
O paisagista tem sempre que estar atualizado com o que há de mais atual. Para quem está começando, a pesquisa biliográfica é fundamental, além de cursos específicos na área. Destaco os cursos da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP) e do SENAC.


Compartilhar:



eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

Comente esta matéria:
Nome:
E-mail:
Digite o seu comentário sobre a matéria:
Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



1 - Autor: Maurilio - Data: 03/11/2009

Muito boa e de exelente clareza em todo o conteúdo.Gostaria de saber se vove me informa onde consigo um curso superior a distancia. Qual Faculdade.




Entrevista
Botânica
Dicas Técnicas
Novidades
Carta dos leitores
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 3 No 27 / Agosto de 2006

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*