A paisagista Silvania Vicentini fala sobre paisagismo no sul do Brasil

Autor: Anita Cid - Data: 10/12/2010

Silvania Barussi Vicentini é formada em administração de empresas e montou a floricultura, em 1992. Seu gosto pelas plantas é influência de sua mãe, que sempre teve amor e cuidado com as mesmas. Fez cursos de paisagismo com Raul Cânovas e na Escola Bom Pastor em Nova Petrópolis (RS). Atualmente é proprietária da Garden Vale Natural e está cursando graduação em Gestão Ambiental, com foco em produção de mudas nativas na Faculdades Portal, com término previsto para dezembro de 2011.

AuE Soluções: Como você elabora seus projetos de paisagismo?

Silvania: Normalmente o cliente chega até nós através do nosso garden center, que é a maior loja de flores da cidade, possuindo uma grande área que atrai a atenção de diversas pessoas. Já na loja, o cliente visita o nosso show room com diversos espaços montados e, a partir daí escolhe o tipo de jardim que deseja. Em seguida, fazemos uma entrevista para identificar as demandas do cliente. Nesta, por exemplo, identificamos se ele tem animais de estimação e o perfil dos moradores da casa. Isto é de suma importância na hora de escolher as plantas. Se na casa tiver crianças ou cachorros, deve-se evitar plantas venenosas e pontiagudas. O próximo passo é fazer o projeto visual do jardim, que é elaborado com o software PhotoLANDSCAPE. Ao apresentar a fotomontagem ao cliente, este pode visualizar como ficará o local após executado o projeto e propor mudanças que são imediatamente efetuadas. O projetista testa as diversas opções até que o cliente fique totalmente satisfeito com o resultado.

AuE Soluções: Como você faz a seleção de plantas para seus projetos?

Silvania: O clima é um fator determinante na seleção das plantas, já que aqui no Rio Grande do Sul enfrentamos um frio intenso, com épocas chuvosas e outras muito secas. Outro fator crucial é a necessidade de manutenção das plantas. Há clientes que não querem se preocupar com o jardim e há outros que também contratam o serviço de manutenção prestado pela empresa. Esta questão também é abordada na entrevista que é feita previamente com os clientes.
Também tento encaixar plantas nativas e frutíferas, já que estas são muito importantes para a qualidade de vida das pessoas. As plantas trazem diversos benefícios para quem com elas convive. Além de criarem um ambiente mais bonito, minimizam a temperatura, propiciando agradáveis sombras, melhoram a qualidade do ar e ainda fornecem frutas.

AuE Soluções: Qual a importância de uma manutenção constante e correta em um jardim?

Silvania: A manutenção é vital para a beleza de um jardim. Hoje temos três equipes de jardinagem e para o próximo ano iremos montar mais uma. É de extrema importância dar continuidade ao projeto que foi desenhado inicialmente. Em muitos jardins é preciso ter um conhecimento específico para fazer esta manutenção. No paisagismo do sul do país, vemos muitas plantas podadas, especialmente as coníferas, e esta poda tem que ser bem feita para que o desenho do jardim seja mantido. A periodicidade deste trabalho depende das espécies escolhidas. Existem jardins que necessitam de manutenção toda semana, outros quinzenalmente e outros mensalmente. Tudo isso é estudado antes da implementação do projeto, que sempre deve ir ao encontro das demandas e da disponibilidade dos clientes.
Atualmente, nossa empresa está iniciando um trabalho de irrigação de jardins. Quando percebemos que temos um cliente em potencial, propomos todo o projeto de irrigação e drenagem, trabalho este que é feito em parceria com uma empresa de Porto Alegre.

AuE Soluções: Como o clima do Rio Grande do Sul, caracterizado por baixas temperaturas no inverno, influencia seus projetos de paisagismo?

Silvania: Temos sempre que nos preocupar em qual época do ano estamos ao implementar um jardim e quais plantas suportam as baixas temperaturas e as geadas. Ao se fazer um jardim tropical, por exemplo, deve-se fazer o plantio ao final do mês de setembro, que corresponde ao final do inverno. Assim, as plantas terão um bom tempo para se fortificarem até enfrentarem o próximo inverno. Por mais que estas percam folhas, suas raízes já estarão fortificadas e prontas para enfrentar as baixas temperaturas.

AuE Soluções: No Rio Grande do Sul existe uma grande influência da cultura européia, cultura esta que tem um grande apreço por projetos de paisagismo. Visto isso, como é o mercado de paisagismo no Rio Grande do Sul?

Silvania: Desde 1997 nossa empresa vem atuando no mercado de paisagismo. No início, as pessoas não valorizavam muito este trabalho. No entanto, atualmente percebe-se que o paisagismo é muito apreciado e é um fator de valorização de imóveis e áreas. Diversas empresas buscam criar espaços arborizados e com vegetação, a fim de proporcionar a seus funcionários melhores condições de trabalho e um ambiente mais agradável. Restaurantes também aderiram a esta estratégia e cada vez mais as áreas externas dos condomínios investem em projetos de paisagismo para sua valorização no mercado imobiliário.

AuE Soluções: Como o PhotoLANDSCAPE lhe auxilia no seu dia-a-dia profissional? Quais as principais vantagens deste software?

Silvania: Pensando em nosso cliente final, o PhotoLANDSCAPE possibilita que este enxergue como o projeto ficará. Com o software é possível fazer, juntamente com o nosso cliente, as alterações por ele solicitadas, testando inúmeras vezes até termos o efeito desejado. Para nós paisagistas, o software agiliza nosso trabalho, além de ser muito mais fácil de se utilizar do que as plataformas CAD.

AuE Soluções: Dentre os projetos que você realizou, qual deles você destacaria?

Silvania: Destaco uma residência, na qual fizemos um grande projeto de paisagismo conjugado com a irrigação do mesmo. Nele foram utilizadas plantas de médio a grande porte, com muitas Bromélias e Palmeiras Buriti. Além disso, utilizamos a técnica do jardim vertical, colocando diversos painéis verdes pela residência, criando um efeito bastante bonito.


Compartilhar:



eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

Comente esta matéria:
Nome:
E-mail:
9 + 8 = ?
Digite o seu comentário sobre a matéria:
Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



1 - Autor: maria do carmo de araujo silva - Data: 06/01/2011 21:38:28

A entrevista foi útil pra mim,pois me acrescentou algo sobre a importancia de photolandscape,sobre a frequencia da manutençao do jardim ,escolha de planta e etc.há dois anos estudo paisagismo e jardinagem .Fiz curso a distancia e tenho uma otima bibliografia que embasa minhas dúvidas.Moro na fazenda e tenho uma area muito grande pra praticar.Paisagismo digital me esclarece em muitos assuntos...



2 - Autor: podama - Data: 18/12/2010 22:27:34

Acho que deveriam fazer uma entrevista com o paisagista da cidade de Gramado RS, qual transformou a cidade num imenso jardim. E mais; conquistou para a cidade o premio da cidade mais florida do rio grande do sul. Este sim é que tem uma grande experiencia em paisagismo; pois transformar uma cidade repleta de flores, nao é para qualquer paisagista!!!!

Tenho certeza que apos assistirem a reportagem entenderao a minha recomendacao.

segue link que foi ao ar no bomdia sp quadro verde:

http://g1.globo.com/videos/sao-paulo/v/saiba-como-as-hortensias-sao-cultivadas/1394933/#/Bom Dia SP/page/1

sem mais

Podama.







3 - Autor: sebastiana p sousa - Data: 18/12/2010 18:49:42

a foto da caxueira e belas,




Entrevista
Botânica
Dicas Técnicas
Ecologia
Novidades
Notícias
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 7 No 78 / Novembro de 2010

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Jardim de Angélica
Jardim de Angélica

Anegrid Lucila Gnich Dos Santos

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

X

AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*