As etapas para se iniciar um projeto de paisagismo - Parte 01

Autor: Milayne Ferraz - Data: 04/05/2023

Realizando implantação projeto de paisagismo


É de conhecimento geral no mundo dos projetos que existem passos a serem seguidos até chegar na fase final em que o mesmo está implantado para o cliente, seja na área das diversas engenharias, arquitetura ou no nosso caso, paisagismo.

Nesse sentido, é preciso ter bem definido o que é cada etapa, pois facilitará para que os finalmentes sejam sem maiores problemas e revisões. Todas as informações desta matéria tiveram como base o livro Criando Paisagens - Guia de trabalho em arquitetura paisagística, do Arquiteto Paisagista Benedito Abbud.

Não é um processo linear, afinal no meio do caminho terão revisões e correções das demais ideias que surgirão ao longo de conversas para chegar na melhor e mais viável solução!

Veja abaixo um pouco desses processos que foram divididos em duas matérias e se aperfeiçoe nessa linda jornada!

1.Conhecendo o cliente

É imprescindível ter boas conversas com o cliente principalmente nos primeiros contatos, e você precisa escutar mais do que falar. Nesse momento é necessário entender quais são as vontades e necessidades de seu cliente, ao surgirem dúvidas, esclareça passando confiança e evidenciando que você é a pessoa certa para o projeto!

Em geral os clientes são todos diferentes, mas podemos listar alguns padrões:
Geralmente o cliente de residência terá mais dúvidas do que o de áreas comerciais ou empreendimentos, então é necessário logo de cara mostrar para ele que terão várias fases, que podem demorar ou não, que o custo também é variável e que ele terá um estimativa de valores e proposta de honorários, assim ele ficará mais calmo.
Já os clientes do comércio e empreendimentos precisam saber quais as necessidades do público alvo e o que eles querem passar com sua marca, já são mais certeiros com o que querem.
De qualquer modo, independente da tipologia do cliente, uma boa conversa clara é fundamental para seguir com o cliente e fechar o trabalho! Confie em você mesmo, seu cliente também irá confiar.

Parceria firmada com o cliente

Parceria firmada com o cliente - Fonte: Freepik


2. Proposta de trabalho

Geralmente, existem três partes:
1- Apresentação
2- Fases de projeto
3- Honorários profissionais.

Na primeira parte é necessário apresentar os objetivos gerais, os benefícios, o impacto que será causado com o projeto. Você mostra o problema do cliente, e como será solucionado. Na segunda parte você deve demonstrar cada etapa e o que compreende cada uma delas, bem como sua média de tempo. Veja algumas possíveis fases: Estudo preliminar, anteprojeto, pré-executivo, projeto executivo dos elementos construídos, projeto executivo de plantio, etc.
Por fim, você também deve apresentar os valores e como serão pagos, por semana, mês ou etapa de projeto. Se existe algum trabalho no qual você não é o responsável por realizar, deixe evidente ao seu cliente. Dessa maneira, ele estará ciente que pode demorar um pouco mais do previsto além do que foi estipulado para cada etapa por depender de outro profissional. Além disso, se algo não estiver incluso nos seus honorários, deixe claro que o cliente deve providenciar a parte. (Como por exemplo levantamento topográfico, visitas técnicas, visitas a lojas e viveiros)
A Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (Abap) tem uma tabela que pode te auxiliar com isso! Os valores podem oscilar portanto se atente e ajuste ao valor de seu trabalho.

3. Iniciando um projeto

É hora de começar o tão esperado projeto! Aqui nesta etapa seu contrato já precisa estar fechado, ok? Não é recomendado que comece a trabalhar antes disso. Para iniciar será necessário colher alguns dados que variam a depender se sua tipologia: Se será residencial, comercial, industrial e afins, cada um exige suas informações. Além disso, informações sobre o entorno, sobre o local e principalmente qual é a necessidade específica do usuário final.
Informações preliminares em mãos, você precisa precisa conhecer a legislação da sua cidade, para compreender de recuos, percentual de área verde, desníveis, altura de muros entre outras informações que vão de acordo com a sua localização e são necessárias para ter o projeto aprovado na prefeitura.
Alguns itens são imprescindíveis para um bom projeto, pois através deles é possível realizar um trabalho mais assertivo, que garanta a beleza e funcionalidade de sua proposta! Tudo parte da visita ao local, para ter uma melhor percepção. Vamos conhecer essas etapas?

Realizando projeto de paisagismo

Iniciando o projeto de paisagismo - Fonte: Freepik


  • Orientação solar:
  • Essa é uma percepção muito importante, pois a partir da mesma é possível escolher as plantas de acordo com as áreas sombreadas e ensolaradas, bem como o sombreamento das edificações ao redor e como impactam no local ao longo do ano e de suas estações, por isso é importante encontrar o norte, para fazer essas simulações até mesmo dentro de softwares.

  • Entornos e vistas:
  • Você precisa compreender o que deseja valorizar ou esconder em seu projeto a partir de observar o seu entorno. Nesse caso é necessário avaliar o que seria ideal para que o usuário final desfrute do espaço com o maior bem-estar possível, levando em consideração se a sua intenção projetual é conversar ou não com a vizinhança. Tire fotos, faça croquis e simulações, afinal o desejo é que seu projeto permaneça implantado e funcional o maior tempo possível.

  • Formas de relevo:
  • O modelado do terreno interfere drasticamente em sua proposta. Terrenos em aclive ou declive podem ter soluções visualmente mais interessantes, trazendo mais diversão à paisagem. Já outras áreas mais específicas precisam de terrenos planos como piscinas e quadras.
    De maneira geral é possível realizar a modelagem de qualquer terreno para implantar qualquer paisagismo ou atividade, porém é necessária uma avaliação uma vez que podem ser gerados gastos excessivos por conta das atividades como muros de arrimo, movimentações de terras e afins. Suas propostas e expectativas devem estar alinhadas com o cliente e seu orçamento.

  • Solo fértil:
  • O solo fértil necessita de muita atenção, pois é o local no qual as plantas se desenvolvem, nesse sentido caso haja terraplanagem não é viável misturar o mesmo com as outras camadas da terra. Uma solução é realizar a raspagem da superfície do solo e armazená-la em algum depósito. Dessa maneira, ao final da terraplanagem você pode espalhar esse solo armazenado previamente adubado no terreno, não tendo problemas no desenvolvimento das plantas.

  • Vegetação existente:
  • Caso exista alguma árvore ou vegetação que se adeque ao estilo proposto em seu projeto é uma boa ideia aproveitá-las e incorporar no projeto, pois além de economizar, está contribuindo para o paisagismo nativo levando em consideração as espécies locais.
    Caso seja necessário transpor as árvores, é preciso ter cuidado para que as mesmas não sejam perdidas no processo. Preparar a sangria das raízes é imprescindível, bem como marcar o norte no tronco para que a planta não tenha a posição invertida em relação ao sol quando for plantada novamente.

  • Usos da água:
  • Água é o que move a vida! Somos feitos dela e é um ótimo recurso para compor as paisagens! Seja de maneira visual ou sonora, é possível implementá-la ou aproveitá-la no local como pontos de tranquilidade e aconchego para o projeto, como cascatas e espelhos d’água. Com isso, você pode estudar melhor quais as plantas que se adequam a essas condições e quais suas especificações.

  • Ventos e ruídos:
  • Para elaborar proteções necessárias e até mesmo as escolhas das plantas, você precisa saber sobre os ventos dominantes na região, afinal não é bacana estar em um local que não seja agradável sendo que o intuito do projeto é levar mais qualidade de vida. É interessante usar a vegetação como muro para barrar os ruídos urbanos, para isso use grandes e densos volumes vegetais, mas caso o espaço seja pequeno você deverá utilizar de grandes muros, não há escapatória.

  • Elementos da cidade:
  • Aqui é necessário se atentar aos elementos já existentes para que não prejudique o seu projeto, como postes, bocas-de-lobo, fiações baixas ou outros elementos que possam trazer alguma dificuldade. Muito se engana quem acha que paisagismo é apenas planta. Paisagismo é a composição do todo, e isso também leva em consideração os elementos externos.

    Ainda temos as etapas de 04 a 09, porém elas ficarão disponíveis na revista de junho, te espero lá!

    Veja também:
    * Biofilia: Raízes x Espaço Construído
    * Diferenças entre Paisagismo e Jardinagem
    * Luminosidade e irrigação: Fatores importantes considerados ao adquirir uma planta






    Compartilhar:


    Anterior Próximo

    AuE LandMANAGER

    Comente esta matéria:
    Nome:
    E-mail:
    7 + 7 = ?
    Digite o seu comentário sobre a matéria:
    Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



    ---
    Entrevista
    Simone Ribeiro e a Escola de Paisagismo de Brasília
    Simone Ribeiro e a Escola de Paisagismo de Brasília

    Simone Ribeiro fala sobre os desafios de ministrar paisagismo e o crescimento do mercado profissional.

    Botânica
    Os segredos dos biomas: como a ciência estuda a flora e fauna em todo o mundo
    Os segredos dos biomas: como a ciência estuda a flora e fauna em todo o mundo

    Entenda quais informações são necessárias para se classificar um Bioma.

    Ensino de paisagismo
    Webinários AuE Software: VisualPLAN
    Webinários AuE Software: VisualPLAN

    Webinários AuE Software: VisualPLAN - desenvolvendo um projeto completo com lago.

    Demonstrações de Junho
    Demonstrações de Junho

    Venha conhecer nossos softwares para Paisagismo e Irrigação!

    AuE Network
    Coleção de bancos rústicos para jardim
    Coleção de bancos rústicos para jardim

    Esse mês estamos disponibilizando para download a coleção bancos rústicos.

    Coleção de plantas: Arbustos
    Coleção de plantas: Arbustos

    Veja a coleção arbustos disponibilizada para download pela AuESoftware, em maio de 2023.

    Dicas Técnicas
    AuE Network 2022: Como atualizar o banco de dados AuE LandOFFICE 2022
    AuE Network 2022: Como atualizar o banco de dados AuE LandOFFICE 2022

    Veja como atualizar seu banco de dados do AuE LandOFFICE 2022 com o sistema AuE Network.

    PhotoLANDSCAPE: Como aplicar iluminações diferentes em mapas iguais
    PhotoLANDSCAPE: Como aplicar iluminações diferentes em mapas iguais

    Veja como melhorar o realismo da montagem usando mapas iguais com brilho ou efeitos de imagem diferentes.

    PhotoLANDSCAPE: Montagens mais realistas usando fotos diferentes da mesma planta
    PhotoLANDSCAPE: Montagens mais realistas usando fotos diferentes da mesma planta

    Veja como tornar suas fotomontagens mais reais aproveitando o banco de imagens que já está disponível para você usar!

    Novidades
    VIII Concurso de fotomontagem de paisagismo com PhotoLANDSCAPE - Últimos dias para participar!
    VIII Concurso de fotomontagem de paisagismo com PhotoLANDSCAPE - Últimos dias para participar!

    Não fique de fora! Participe do concurso de Fotomontagem com PhotoLANDSCAPE!

    Webinário - Escola de Paisagismo de Brasília e AuE Software
    Webinário - Escola de Paisagismo de Brasília e AuE Software

    A Escola de Paisagismo de Brasília convidou a AuE Software para um webnário sobre paisagismo, a reunião será gratuita pelo ZOOM

    30° Enflor & 18° Garden Fair - 2023
    30° Enflor & 18° Garden Fair - 2023

    Confirmado o evento entre 16 a 18 de julho de 2023 em Holambra. Veja como receber um convite para participar da Garden Fair na sua casa.

    Notícias
    Como desenhar jardins no computador
    Como desenhar jardins no computador

    Aprenda os passos para projetar paisagismo em computador, use a tecnologia a seu favor!

    A importância do planejamento da arborização urbana
    A importância do planejamento da arborização urbana

    Saiba as principais características para um bom planejamento de arborização urbana.

    As etapas para se iniciar um projeto de paisagismo - Parte 01
    As etapas para se iniciar um projeto de paisagismo - Parte 01

    Paisagista, saiba todas as etapas de um projeto de paisagismo antes de iniciar um projeto! Parte 01

    Arquivo
    Edição Anterior

    Revista AuE Paisagismo Ano 19 No 227 / Abril de 2023

    Conteúdo completo

    Lista com todas as Edições da Revista AuE Paisagismo Digit@l

    Top 10

    Matérias mais comentadas da revista

    Projetos
    Agenda
    Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

    X

    AuE Paisagismo


    Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!





    Revista no seu E-mail

    *
    *
    *
    9 + 2 = ? *