Pragas e doenças que acometem as plantas

Autor: Laís Manço Frattini - Data: 18/02/2022

Para um jardim belo e saudável é essencial que o solo, a irrigação e a exposição solar estejam adequados para cada espécie que será transplantada para o local. E além disso, conhecer a suscetibilidade a doenças e pragas das espécies vegetais utilizadas no projeto é interessante . Essa compreensão permite traçar estratégias para a garantia de sucesso ao fim da implementação, por exemplo, se a espécie do canteiro é suscetível a ataque de pulgões, o cultivo de cravo defunto próximo pode proteger essas plantas, afinal o cravo defunto espanta pulgão.

As plantas sofrem com o ataque de doenças e pragas. As doenças são causadas por agentes infecciosos microscópicos, como os fungos, bactérias, fitoplasmas, vírus e viróides, nematóides, protozoários e plantas parasitas superiores e podem :

  • Debilitar ou enfraquecer por absorção contínua de nutrientes da célula vegetal.

  • Afetar o metabolismo celular através de toxinas, enzimas ou substâncias reguladoras de crescimento secretadas pelos patógenos.

  • Bloquear os tecidos condutores, impedindo assim, o transporte de alimento, nutrientes, minerais e água.

  • Consumindo o conteúdo da célula vegetal.


  • Já as pragas sugam ou comem partes das plantas e alguns exemplos são: pulgões, cochonilhas, formigas, lagartas, percevejos, mosca branca.
    Encontramos informações sobre pragas e doenças que são mais susceptíveis para a espécie desejada no catálogo presente na interface inicial do programa LandOFFICE.


    Compartilhar:



     eBook: 5 Dicas sobre Paisagismo Comestível

    Comente esta matéria:
    Nome:
    E-mail:
    7 + 9 = ?
    Digite o seu comentário sobre a matéria:
    Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



    ---
    Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1045

    X

    AuE Paisagismo


    Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




    Revista no seu E-mail

    *
    *
    *